As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.
Pristina.org // Arte // A Linguagem Corporal de Laura Berger

A Linguagem Corporal de Laura Berger

  • Arte

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

Laura Berger tem um passado repleto de performances teatrais e eu não duvido que isso é refletido no seu trabalho artístico. Além dessa referência corporal, a artista é devota da ioga e parece que esse lado também aparece muito nas poses que suas figuras apresentam nas telas.

A linguagem corporal de suas pinturas é o que fez eu pensar e analisar um pouco mais do que o normal todo o trabalho de Laura Berger. Suas mulheres aparecem de forma quase nua, porém, sem uma sexualização do corpo. Como se o importante aqui fosse o conforto do corpo e sua sensualidade. Além disso, a forma quase genérica com a qual ela retrata esses corpos me levam a pensar que essas são representações de todas as mulheres, como se fosse uma forma que encaixa na visão do observador da arte.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

Laura Berger passou sua infância desenhando. Como uma criança do mundo pré-internet, seus passatempos incluíam uma infinidade de projetos criativos com seus amigos e vizinho, mas foi só depois de muitos anos trabalhando em diferentes empregos que ela conseguiu focar na sua carreira artística.

Hoje em dia, ela anda experimentando com pinturas a óleo e o que ela mais gosta de ver são as diferentes texturas que resultam dessa técnica. As cores que ela usa, algumas vezes, parecem minimalistas, mas parece que isso depende muito para ela. Laura Berger vê o uso de cores como algo natural, quase intuitivo e eu só posso dizer que adoro como que ela usa combinações mínimas em algumas de suas peças.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

As figuras que Laura Berger pinta parecem dançar em harmonia nas imagens que ela cria. Cada personagem tem suas características individuais, mas aparecem como parte de um momento maior do que ela é. Esse foi um dos primeiros pontos que me capturou a atenção no trabalho dessa artista norte americana.

Laura Berger vive em Chicago e você pode ver do seu trabalho direto no link abaixo. Além disso, você deveria dar uma olhada no que ela anda publicando no seu perfil no Instagram. E, claro, dar uma passada na sua loja online para, quem sabe, adquirir algumas de suas obras.

A Linguagem Corporal de Laura Berger

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.