Pristina.org - Everything Design since 2005

O Verdadeiro Valor do Dinheiro com Alejandro Monge e Amarist Studio ArteFelipe Tofani on 05/11/2016

Usando do fogo para mostrar o real valor do dinheiro
As imagens que você pode ver nesse artigo é uma colaboração artística entre Alejandro Monge e Amarist Studio para a série chamada de Too Much. O objetivo dessa estranha escultura em forma de mesa de café é questionar o real valor do dinheiro e a volatilidade de toda a riqueza financeira. O resultado desse questionamento é um objeto de arte refinado que é feito de notas de 50 euros que queimam embaixo de uma superfície de vidro.

Usando do fogo para mostrar o real valor do dinheiroAs imagens que você pode ver nesse artigo é uma colaboração artística entre Alejandro Monge e Amarist Studio para a série chamada de Too Much. O objetivo dessa estranha escultura em forma de mesa de café é questionar o real valor do dinheiro e a volatilidade de toda a riqueza financeira. O resultado desse questionamento é um objeto de arte refinado que é feito de notas de 50 euros que queimam embaixo de uma superfície de vidro.

O trabalho captura o momento da incineração financeira e fogo ainda sobe por cima do vidro e pode ser usado para esquentar as mãos e o ambiente onde o objeto está localizado. E, surpreendentemente, o fogo é o único elemento real nesse objeto artístico que choca a todos. O dinheiro ali não é real, muito menos as cinzas. Tudo aqui é feito de uma mistura de resina, papel e tinta e criado de um jeito que mostre a ilusão do fim de toda riqueza representada pelas notas de Euro sendo queimadas.

As imagens que você pode ver nesse artigo é uma colaboração artística entre Alejandro Monge e Amarist Studio para a série chamada de Too Much. O objetivo dessa estranha escultura em forma de mesa de café é questionar o real valor do dinheiro e a volatilidade de toda a riqueza financeira. O resultado desse questionamento é um objeto de arte refinado que é feito de notas de 50 euros que queimam embaixo de uma superfície de vidro.

As imagens que você pode ver nesse artigo é uma colaboração artística entre Alejandro Monge e Amarist Studio para a série chamada de Too Much. O objetivo dessa estranha escultura em forma de mesa de café é questionar o real valor do dinheiro e a volatilidade de toda a riqueza financeira. O resultado desse questionamento é um objeto de arte refinado que é feito de notas de 50 euros que queimam embaixo de uma superfície de vidro.

As imagens que você pode ver nesse artigo é uma colaboração artística entre Alejandro Monge e Amarist Studio para a série chamada de Too Much. O objetivo dessa estranha escultura em forma de mesa de café é questionar o real valor do dinheiro e a volatilidade de toda a riqueza financeira. O resultado desse questionamento é um objeto de arte refinado que é feito de notas de 50 euros que queimam embaixo de uma superfície de vidro.

As imagens que você pode ver nesse artigo é uma colaboração artística entre Alejandro Monge e Amarist Studio para a série chamada de Too Much. O objetivo dessa estranha escultura em forma de mesa de café é questionar o real valor do dinheiro e a volatilidade de toda a riqueza financeira. O resultado desse questionamento é um objeto de arte refinado que é feito de notas de 50 euros que queimam embaixo de uma superfície de vidro.

Amarist Studio along with Alejandro Monge, present a new piece within the “Too Much?” series. An artwork that invites reflection on the volatility of money and its true value. The piece consists of a concrete structure and a glass urn holding a pyramid of 50 euro bills. “Too Much?” captures the moment of combustion of the banknotes, enhanced by a real flame burning from the top of the pyramid. The resulting artwork gives place to a generous coffee table, characterized by its colossal visual power, able to stimulate the viewer to deep thoughts.

As imagens que você pode ver nesse artigo é uma colaboração artística entre Alejandro Monge e Amarist Studio para a série chamada de Too Much. O objetivo dessa estranha escultura em forma de mesa de café é questionar o real valor do dinheiro e a volatilidade de toda a riqueza financeira. O resultado desse questionamento é um objeto de arte refinado que é feito de notas de 50 euros que queimam embaixo de uma superfície de vidro.

As imagens que você pode ver nesse artigo é uma colaboração artística entre Alejandro Monge e Amarist Studio para a série chamada de Too Much. O objetivo dessa estranha escultura em forma de mesa de café é questionar o real valor do dinheiro e a volatilidade de toda a riqueza financeira. O resultado desse questionamento é um objeto de arte refinado que é feito de notas de 50 euros que queimam embaixo de uma superfície de vidro.

As imagens que você pode ver nesse artigo é uma colaboração artística entre Alejandro Monge e Amarist Studio para a série chamada de Too Much. O objetivo dessa estranha escultura em forma de mesa de café é questionar o real valor do dinheiro e a volatilidade de toda a riqueza financeira. O resultado desse questionamento é um objeto de arte refinado que é feito de notas de 50 euros que queimam embaixo de uma superfície de vidro.

De um jeito estranho, eu gostava mais da obra quando pensava que ela era real. Afinal, esse objeto foi feito para questionar o real valor do dinheiro mas acaba não fazendo isso já que o dinheiro ali não é de verdade. Ou seja, é muito fácil questionar a volatilidade da riqueza quando você não precisa fazer nada de verdade.

O Verdadeiro Valor do Dinheiro com Alejandro Monge e Amarist Studio

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Comentários

Powered by Facebook Comments

Tagged: , , , , , ,