Pristina.org - Everything Design since 2005

A Importância de Projetos Pessoais Design, EditorialFelipe Tofani on 28/01/2011

Há alguns meses, lá estava eu com a tarefa de contratar um assistente. Recebi essa tarefa de sorriso feito, pensando em todo o alívio que eu teria assim que tivesse esse outro par de braços para me ajudar. Mas, quem diria, que essa seria uma tarefa tão marcante.

Hoje, o acesso a internet é quase que onipresente, não precisamos de modems barulhentos e passamos quase que todo o dia online. Eu pelo menos faço isso. Temos acesso a vagas de trabalho em agências que nem sabíamos que existiam, vemos outras vagas naquelas agências que sonhávamos no início da carreira, lemos tutorias e artigos sobre design e ilustrações e até temos aquele diretor de criação premiado no twitter. Temos isso tudo e ao mesmo tempo, não fazemos nada.

Essa foi a minha sensação ao passar os olhos pelos centenas de e-mails que chegaram nas minhas mãos. Currículos sem portfólios, trabalhos sem uma mínima noção de equilíbrio e uma total falta de iniciativa em aprender a ser um melhor profissional. Fiquei com a impressão de que poucas coisas mudaram desde que entrei na faculdade em 2000. Como se todos quisessem aquele emprego dos sonhos mas sem passar por todas aquelas etapas que levariam aquele local.

Quando questionei algumas dessas pessoas, recebi desculpas como “Ah, eu nunca trabalhei antes, fica difícil ter um portfólio né?“. E a cada comentário similar a esse, eu só pensava em desistir de tudo e ensinar essas pessoas a beleza que é criar projetos pessoais e colocá-los em prática.

Projetos Pessoais são uma das ferramentas mas importantes para o crescimento de todo designer. É assim que ele experimenta com ferramentas e conceitos novos. É aqui que ele recicla todas aquelas ideias que foram reprovadas pelos clientes. É aqui que ele aprende a inovar e a fazer diferente daquilo que ele acompanha ao seu redor. E é um processo tão satisfatório conseguir passar por toda auto crítica e colocar aquele projeto para o mundo ver.

Mas não, no lugar de vermos esse tipo de trabalho nos portfólios inexistentes de um sem número de quase profissionais, vemos clones de ideias fracas e tendências estéticas baseadas em efeitos de photoshop. E, esses acabam sendo aqueles que são disputados por agências, não por suas ideias e seus trabalhos, mas por serem os poucos com algum trabalho a ser mostrado.

Quer um diferencial de verdade? Pegue todas aqueles ideias que você diz ter e coloque no papel, coloque em prática. Para de reclamar, vai lá e faz. Você só precisa disso.

Esse post foi originalmente escrito para ser publicado no Facebook da Volvo Brasil e fala um pouco sobre minha experiência na contratação de assistentes e inclui também trechos do que falei na apresentação na Pecha Kucha Night.

Comentários

Powered by Facebook Comments

Tagged: , , , , , ,