Pristina.org - Everything Design since 2005

Arthur Tress: The Dream Collector FotografiaFelipe Tofani on 20/06/2014

O estranho subconsciente infantil nas fotos de Arthur Tress

Foi no final dos anos sessenta que Arthur Tress começou uma série de fotografias inspiradas pelos sonhos de crianças. A ideia era que cada criança viesse até ele com um sonho que ela tinha e o fotógrafo iria recriar esse sonho artisticamente usando a criança como centro da obra. Todas as fotos foram produzidas em preto e branco e mostram um lado bem estranho do subconsciente infantil.

As fotos dessa série podem ser divididas em três níveis de interpretação. Primeiro por que as fotos podem ser vistas como uma série de auto-retratos do próprio Arthur Tress usando as crianças como reflexo do que ele é. Complicado mas até que faz sentido. O segundo nível de interpretação pode ser visto como as interpretações fotográficas dos sonhos de crianças como metáforas dos medos que todos nós temos e que não costumamos externar. E, em terceiro lugar, as fotos dessa série mostram os medos de uma geração específica e, dessa forma, acabam tendo uma importância mais histórica do que o esperado.

E, essa série de fotos virou o livro Arthur Tress: The Dream Collector em 1974, cujas fotos podem ser vistas logo abaixo.

Era o final dos anos sessenta quando Arthur Tress começou uma série de fotografias inspiradas pelos sonhos de crianças. A ideia era que cada criança viesse até ele com um sonho que ela tinha e Arthur Tress iria recriar esse sonho artisticamente usando a criança como centro da obra. Todas as fotos foram produzidas em preto e branco e mostram um lado bem estranho do subconsciente infantil.

Era o final dos anos sessenta quando Arthur Tress começou uma série de fotografias inspiradas pelos sonhos de crianças. A ideia era que cada criança viesse até ele com um sonho que ela tinha e Arthur Tress iria recriar esse sonho artisticamente usando a criança como centro da obra. Todas as fotos foram produzidas em preto e branco e mostram um lado bem estranho do subconsciente infantil.

Era o final dos anos sessenta quando Arthur Tress começou uma série de fotografias inspiradas pelos sonhos de crianças. A ideia era que cada criança viesse até ele com um sonho que ela tinha e Arthur Tress iria recriar esse sonho artisticamente usando a criança como centro da obra. Todas as fotos foram produzidas em preto e branco e mostram um lado bem estranho do subconsciente infantil.

Era o final dos anos sessenta quando Arthur Tress começou uma série de fotografias inspiradas pelos sonhos de crianças. A ideia era que cada criança viesse até ele com um sonho que ela tinha e Arthur Tress iria recriar esse sonho artisticamente usando a criança como centro da obra. Todas as fotos foram produzidas em preto e branco e mostram um lado bem estranho do subconsciente infantil.

Era o final dos anos sessenta quando Arthur Tress começou uma série de fotografias inspiradas pelos sonhos de crianças. A ideia era que cada criança viesse até ele com um sonho que ela tinha e Arthur Tress iria recriar esse sonho artisticamente usando a criança como centro da obra. Todas as fotos foram produzidas em preto e branco e mostram um lado bem estranho do subconsciente infantil.

Era o final dos anos sessenta quando Arthur Tress começou uma série de fotografias inspiradas pelos sonhos de crianças. A ideia era que cada criança viesse até ele com um sonho que ela tinha e Arthur Tress iria recriar esse sonho artisticamente usando a criança como centro da obra. Todas as fotos foram produzidas em preto e branco e mostram um lado bem estranho do subconsciente infantil.

Era o final dos anos sessenta quando Arthur Tress começou uma série de fotografias inspiradas pelos sonhos de crianças. A ideia era que cada criança viesse até ele com um sonho que ela tinha e Arthur Tress iria recriar esse sonho artisticamente usando a criança como centro da obra. Todas as fotos foram produzidas em preto e branco e mostram um lado bem estranho do subconsciente infantil.

Era o final dos anos sessenta quando Arthur Tress começou uma série de fotografias inspiradas pelos sonhos de crianças. A ideia era que cada criança viesse até ele com um sonho que ela tinha e Arthur Tress iria recriar esse sonho artisticamente usando a criança como centro da obra. Todas as fotos foram produzidas em preto e branco e mostram um lado bem estranho do subconsciente infantil.

Para saber mais sobre esse estranho projeto fotográfico, você só precisa clicar no link abaixo e explorar tudo que Arthur Tress fotografou sobre o estranho subconsciente infantil.

O estranho subconsciente infantil nas fotos de Arthur Tress

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard.

Comentários

Powered by Facebook Comments

Tagged: , , , , ,