Pristina.org - Everything Design since 2005

A Fotografia Atemporal e Misteriosa de Asher Moss FotografiaFelipe Tofani on 28/02/2018

O mistério e a arte na fotografia de moda de Asher Moss
Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela.

Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela. A fotografia de Asher Moss brilha de tanto poder e sexo e suas imagens acabam contando uma história que depende bastante da interpretação de quem as está observando. A minha interpretação foi essa e acredito que muita gente vai concordar com o que eu enxerguei aqui.

As mulheres, as modelos nas suas fotografias são de uma confiança fora do comum. Elas se mostram com uma força e, ao mesmo tempo, com certa vulnerabilidade. Características que normalmente não vemos juntas muito quase se trata da estética desse mundo super sexual em que vivemos hoje em dia. Foi esse lado que me chamou a atenção no seu trabalho. Por mais que suas fotografias mostrem mulheres seminuas, elas não parecem estar lá sendo objetificadas. Elas estão lá contando uma história e acredito que isso é uma grande diferença entre o que vemos no trabalho de moda de muitos outros fotógrafos.

ASHER MOSS DIRECTOR’S REEL

This is “ASHER MOSS DIRECTOR’S REEL” by ASHER MOSS on Vimeo, the home for high quality videos and the people who love them.

As mulheres, as modelos nas suas fotografias são de uma confiança fora do comum. Elas se mostram com uma força e, ao mesmo tempo, com certa vulnerabilidade. Características que normalmente não vemos juntas muito quase se trata da estética desse mundo super sexual em que vivemos hoje em dia. Foi esse lado que me chamou a atenção no seu trabalho. Por mais que suas fotografias mostrem mulheres seminuas, elas não parecem estar lá sendo objetificadas. Elas estão lá contando uma história e acredito que isso é uma grande diferença entre o que vemos no trabalho de moda de muitos outros fotógrafos.

Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela.

Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela.

Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela.

Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela.

Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela.

Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela.

Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela.

Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela.

Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela.

Atemporal, misteriosa e voyeurística; seria assim que eu descreveria as fotografias de Asher Moss. Depois de olhar pelo seu portfólio algumas vezes, posso concluir que suas fotos quase que falam uma linguagem particular, um jeito especial de contar histórias que quase flutuam pela sua tela.

Asher Moss começou a explorar o mundo da fotografia de forma autodidata em 2012. Nessa época, ele passou a experimentar com filmes 35mm e médio formato. A partir dai, seu trabalho foi atingindo diferentes patamares e, hoje em dia, ele fotografa campanhas internacionais para marcas de moda em Cuba, França, Espanha e por toda a América do Norte.

Você pode ver ainda mais do seu trabalho direto no link abaixo. Além disso, claro que você pode dar uma olhando no que ele anda publicando nas suas redes sociais como Instagram, Facebook, Tumblr e Twitter.

A Fotografia Atemporal e Misteriosa de Asher Moss

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Comentários

Powered by Facebook Comments

Tagged: , , , , , , , , , ,