Pristina.org - Everything Design since 2005

Enrique Metinides é o homem que viu demais FotografiaFelipe Tofani on 17/09/2017

Um curto documentário contando a história da fotografia criminal na Cidade do México
Enrique Metinides é um fotógrafo mexicano que documentou com muitos detalhes tudo que ele conseguiu capturar do lado mais perigoso da Cidade do México. Conhecido em alguns círculos como Mexican Weegee, em lembrança do trabalho do fotógrafo Arthur Fellig na Nova Iorque dos anos trinta, suas fotografias tem uma temática bem bem pesada e isso só conseguiu acontecer devido a seu contato com a polícia e a facilidade que tinha em visitar os locais onde crimes aconteceram. Apesar de tudo, esse apelido que Enrique Metinides recebeu acaba não retratando tudo que seu trabalho demonstra e acabam ignorando algumas de suas melhores qualidades como suas composições fotográficas.

Enrique Metinides é um fotógrafo mexicano que documentou com muitos detalhes tudo que ele conseguiu capturar do lado mais perigoso da Cidade do México. Conhecido em alguns círculos como Mexican Weegee, em lembrança do trabalho do fotógrafo Arthur Fellig na Nova Iorque dos anos trinta, suas fotografias tem uma temática bem bem pesada e isso só conseguiu acontecer devido a seu contato com a polícia e a facilidade que tinha em visitar os locais onde crimes aconteceram. Apesar de tudo, esse apelido que Enrique Metinides recebeu acaba não retratando tudo que seu trabalho demonstra e acabam ignorando algumas de suas melhores qualidades como suas composições fotográficas.

A fotografia de Enrique Metinides mostra para o mundo o corpo sem vida de uma mulher loira cujo corpo está largado entre os pedestres de uma rua. Para muitas pessoas, essa descrição fotográfica seria de um horror descomunal mas, quando essa imagem é capturada pelas lentes de Enrique Metinides, tudo muda de estética e esses momentos se transformam em uma narrativa que evoca uma beleza inesperada.




O video acima mostra um pouco do que Enrique Metinides viu em todos os anos trabalhando com fotografia na Cidade do México. Ele sempre era uma das primeiras pessoas a chegar a uma cena de crime mas suas fotos não mostram apenas a morte e a violência. Algumas vezes, ele captura o público ao redor e o trabalho das pessoas que estão lá para ajudar. Algumas vezes, essas fotos incluem policiais que precisam lidar com os corpos e essas são as imagens que documentam o fascinante mundo de crime e morte no México do século vinte.

Enrique Metinides é um fotógrafo mexicano que documentou com muitos detalhes tudo que ele conseguiu capturar do lado mais perigoso da Cidade do México. Conhecido em alguns círculos como Mexican Weegee, em lembrança do trabalho do fotógrafo Arthur Fellig na Nova Iorque dos anos trinta, suas fotografias tem uma temática bem bem pesada e isso só conseguiu acontecer devido a seu contato com a polícia e a facilidade que tinha em visitar os locais onde crimes aconteceram. Apesar de tudo, esse apelido que Enrique Metinides recebeu acaba não retratando tudo que seu trabalho demonstra e acabam ignorando algumas de suas melhores qualidades como suas composições fotográficas.

Enrique Metinides é um fotógrafo mexicano que documentou com muitos detalhes tudo que ele conseguiu capturar do lado mais perigoso da Cidade do México. Conhecido em alguns círculos como Mexican Weegee, em lembrança do trabalho do fotógrafo Arthur Fellig na Nova Iorque dos anos trinta, suas fotografias tem uma temática bem bem pesada e isso só conseguiu acontecer devido a seu contato com a polícia e a facilidade que tinha em visitar os locais onde crimes aconteceram. Apesar de tudo, esse apelido que Enrique Metinides recebeu acaba não retratando tudo que seu trabalho demonstra e acabam ignorando algumas de suas melhores qualidades como suas composições fotográficas.

Enrique Metinides é um fotógrafo mexicano que documentou com muitos detalhes tudo que ele conseguiu capturar do lado mais perigoso da Cidade do México. Conhecido em alguns círculos como Mexican Weegee, em lembrança do trabalho do fotógrafo Arthur Fellig na Nova Iorque dos anos trinta, suas fotografias tem uma temática bem bem pesada e isso só conseguiu acontecer devido a seu contato com a polícia e a facilidade que tinha em visitar os locais onde crimes aconteceram. Apesar de tudo, esse apelido que Enrique Metinides recebeu acaba não retratando tudo que seu trabalho demonstra e acabam ignorando algumas de suas melhores qualidades como suas composições fotográficas.

Enrique Metinides é um fotógrafo mexicano que documentou com muitos detalhes tudo que ele conseguiu capturar do lado mais perigoso da Cidade do México. Conhecido em alguns círculos como Mexican Weegee, em lembrança do trabalho do fotógrafo Arthur Fellig na Nova Iorque dos anos trinta, suas fotografias tem uma temática bem bem pesada e isso só conseguiu acontecer devido a seu contato com a polícia e a facilidade que tinha em visitar os locais onde crimes aconteceram. Apesar de tudo, esse apelido que Enrique Metinides recebeu acaba não retratando tudo que seu trabalho demonstra e acabam ignorando algumas de suas melhores qualidades como suas composições fotográficas.

Enrique Metinides é um fotógrafo mexicano que documentou com muitos detalhes tudo que ele conseguiu capturar do lado mais perigoso da Cidade do México. Conhecido em alguns círculos como Mexican Weegee, em lembrança do trabalho do fotógrafo Arthur Fellig na Nova Iorque dos anos trinta, suas fotografias tem uma temática bem bem pesada e isso só conseguiu acontecer devido a seu contato com a polícia e a facilidade que tinha em visitar os locais onde crimes aconteceram. Apesar de tudo, esse apelido que Enrique Metinides recebeu acaba não retratando tudo que seu trabalho demonstra e acabam ignorando algumas de suas melhores qualidades como suas composições fotográficas.

Enrique Metinides é um fotógrafo mexicano que documentou com muitos detalhes tudo que ele conseguiu capturar do lado mais perigoso da Cidade do México. Conhecido em alguns círculos como Mexican Weegee, em lembrança do trabalho do fotógrafo Arthur Fellig na Nova Iorque dos anos trinta, suas fotografias tem uma temática bem bem pesada e isso só conseguiu acontecer devido a seu contato com a polícia e a facilidade que tinha em visitar os locais onde crimes aconteceram. Apesar de tudo, esse apelido que Enrique Metinides recebeu acaba não retratando tudo que seu trabalho demonstra e acabam ignorando algumas de suas melhores qualidades como suas composições fotográficas.

Enrique Metinides é um fotógrafo mexicano que documentou com muitos detalhes tudo que ele conseguiu capturar do lado mais perigoso da Cidade do México. Conhecido em alguns círculos como Mexican Weegee, em lembrança do trabalho do fotógrafo Arthur Fellig na Nova Iorque dos anos trinta, suas fotografias tem uma temática bem bem pesada e isso só conseguiu acontecer devido a seu contato com a polícia e a facilidade que tinha em visitar os locais onde crimes aconteceram. Apesar de tudo, esse apelido que Enrique Metinides recebeu acaba não retratando tudo que seu trabalho demonstra e acabam ignorando algumas de suas melhores qualidades como suas composições fotográficas.

Esse curto documentário do trabalho de Enrique Metinides veio do pessoal da 212Berlin Movies e você pode ver mais vídeos direto no perfil deles no Vimeo.

Enrique Metinides é o homem que viu demais

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Comentários

Powered by Facebook Comments

Tagged: , , , , , , , , , , , , ,