Pristina.org - Everything Design since 2005

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani FotografiaFelipe Tofani on 30/12/2016

Explorando fotografia infravermelha no Central Park em Nova Iorque
Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Quando se trabalha com fotografia infravermelha, você precisa prestar atenção nas plantas já que a clorofila é refletida de forma bem forte. Afinal, nosso olho consegue enxergar apenas 20% do verde emitido pelas plantas, mas o infravermelho consegue capturar os outros 80% do espectro de luz que não conseguimos enxergar.

Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani - Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani - Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani - Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Paolo Pettigiani diz ter escolhido o Central Park devido a natureza única desse ambiente no meio de uma cidade caótica como Nova Iorque. Ele mesmo descreve o local como uma Ilha Paradisíaca no meio da cidade. Devido as características da fotografia infravermelha, ele precisaria de muita natureza para criar o efeito visual que ele queria e não existe nada melhor do que um parque grande e famoso como esse.

Paolo Pettigiani começou a trabalhar com fotografia infravermelha há cerca de dois anos, ainda na sua cidade natal de Turim, na Itália. Foi lá que ele desenvolveu seu primeiro projeto fotográfico, usando do inverno e da neve para mostrar o contraste do branco da neve com as cores da natureza. Porém, esse projeto infravermelho de Nova Iorque conhecido como #INFRAREDNYC, é sua primeira exploração artística desse estilo diferente de fotografia.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani - Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani - Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani - Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani - Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani - Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani - Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani - Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani - Foi isso que Paolo Pettigiani fez nesse série de fotografias do Central Park em Nova Iorque. Ele usou de um filtro especial na frente das suas lentes para bloquear a luz visível e deixar apenas os outros espectros de luz visíveis. Dessa forma, as fotos que ele fez desse parque acabam mostrando plantas de um jeito bem estranho mas, o resto da paisagem, continua da mesma forma. Tijolos, água, asfalto e outras superfícies continuam iguais e todas as plantas estão vermelhas. Algo bem onírico, no meu ponto de vista.

Imagino que você quer ver mais da fotografia de Paolo Pettigiani e você pode fazer isso direto no seu perfil no behance, facebook e instagram. Além de dar uma olhada no seu portfólio.

Fotografia Infravermelha de Nova Iorque por Paolo Pettigiani

Para aprender mais sobre fotografia infravermelha e como fazer isso com sua câmera, dê uma olhada nesse tutorial.

Comentários

Powered by Facebook Comments

Tagged: , , , , , , , , , , ,