Pristina.org - Everything Design since 2005

Gilleam Trapenberg explora os clichês da cultura masculina de Curaçao em Big Papi FotografiaFelipe Tofani on 26/09/2017

Explorando como a Cultura Masculina Americana influencia os homens de Curaçao
Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Se você procurar por alguma imagem da ilha de Curaçao no Google, você vai se deparar com fotografias de praias de areia branca e uma arquitetura em tons pastéis. Essa combinação de temas é o que iniciou a ideia de Gilleam Trapenberg teve para explorar os paradoxos dessa ilha holandesa.

O resultado dessa exploração de paradoxos foi Big Papi onde os estereótipos e os clichês associados com a cultura masculina de Curaçao foram levados para o mundo. Não acredito que exista sutileza nos temas dessa cultura masculina que foi fotografada por Gilleam Trapenberg. Barcos chamados Viagra não são, em nenhuma forma, sutis. Mas, existe um motivo por trás disso tudo. Na masculinidade negra da ilha, os estereótipos e regras sociais que são projetadas neles acabam por criar algo irreal. Algo que, para o fotógrafo, pode ser culpa da influência dos Estados Unidos na ilha. Uma forma caribenha de se associar com a imagem norte americana do que um homem deve ser.

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Masculinity and Representation have long played a part in my work, since these are relevant themes that make up the social landscape in Curacao, an island in the Caribbean where I was born and raised. Curacao is an island of paradoxes. Where the cliche of macho-culture exists alongside strong, independent women and pink coloured skies. Big Papi is a visual research into the image culture of masculinity set against a sunset lit Caribbean landscape. A time of day in which borders are less defined.

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Big Papi é uma série de fotografias de Gilleam Trapenberg onde ele explora os clichês da cultura masculina e como a presença de mulheres independentes e um céu rosa deixa isso tudo de um jeito estranho em Curaçao. Essas cores foram bem aproveitadas pelo fotógrafo que resolveu usar até como temática do projeto, chamando as fotos de uma pesquisa visual na cultura da masculinidade sobreposta contra o pôr do sol da paisagem caribenha. É, Big Papi é uma série de fotos bem interessante no conceito, como que ela acabou ficando visualmente falando?

Gilleam Trapenberg nasceu e foi criado em Curaçao e acabou mudando para a Holanda, onde estudou na Academia Real de Hague. Para conhecer mais sobre seu trabalho, você precisa dar uma olhada no que ele anda publicando no seu portfólio e nas suas redes sociais como Instagram. Além disso, você pode adquirir uma cópia de Big Papi direto na loja online do fotógrafo!

Gilleam Trapenberg explora os clichês da cultura masculina de Curaçao em Big Papi

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Comentários

Powered by Facebook Comments

Tagged: , , , , , , , ,