Pristina.org - Everything Design since 2005

Transformando o Corpo Humano em Algo Novo com Lucy McRae FotografiaFelipe Tofani on 09/11/2011

Um novo corpo para um novo ser humano com Lucy McRae

Quando eu assisti a palestra de Lucy McRae no OFFF Barcelona de 2012, ela se apresentou como uma artista e uma arquiteta do corpo. Eu não entendi direito o que que ela quis dizer com esse último termo mas, enquanto sua conversa ia acontecendo e ela ia apresentando seus trabalhos, tudo pareceu fazer sentido. Seu trabalho é guiado pela sua fascinação pela relação que seres humanos tem com a tecnologia. E ela já levou isso tudo mas diversos meios, criando peças multimídias e vídeos para artista da música pop. Aliás, foi assim que eu acabei conhecendo ela inicialmente.

É, Lucy McRae tem um passado que mistura balé e dança moderna, passando por arquitetura e design de moda. E você consegue ver isso bem quando começa a analisar o trabalho que ele publica em seu portfólio. Nele, ela tenta desparecer com as fronteiras e as limitações entre seres humanos e a tecnologia. Ela aceita e confronta os limites do corpo de um jeito que, acredito eu, pode ser a direção da evolução.

Quando Lucy McRae começa a trabalhar com cenários futuristas complexos e peculiares, ela começa a pensar, primeiro, nos problemas que podem acontecer nessa nova realidade. Dessa forma, ela passa a questionar, do ponto de vista artístico, como que ela poderia interpretar essas histórias e como ela poderia inventar soluções para isso tudo.

ROJO®Nova work in progress

This is “ROJO®Nova work in progress” by Lucy McRae on Vimeo, the home for high quality videos and the people who love them.

Quando eu assisti a palestra de Lucy McRae no OFFF Barcelona de 2012, ela se apresentou como uma artista e uma arquiteta do corpo. Eu não entendi direito o que que ela quis dizer com esse último termo mas, enquanto sua conversa ia acontecendo e ela ia apresentando seus trabalhos, tudo pareceu fazer sentido. Seu trabalho é guiado pela sua fascinação pela relação que seres humanos tem com a tecnologia. E ela já levou isso tudo mas diversos meios, criando peças multimídias e vídeos para artista da música pop. Aliás, foi assim que eu acabei conhecendo ela inicialmente.

Quando eu assisti a palestra de Lucy McRae no OFFF Barcelona de 2012, ela se apresentou como uma artista e uma arquiteta do corpo. Eu não entendi direito o que que ela quis dizer com esse último termo mas, enquanto sua conversa ia acontecendo e ela ia apresentando seus trabalhos, tudo pareceu fazer sentido. Seu trabalho é guiado pela sua fascinação pela relação que seres humanos tem com a tecnologia. E ela já levou isso tudo mas diversos meios, criando peças multimídias e vídeos para artista da música pop. Aliás, foi assim que eu acabei conhecendo ela inicialmente.

Quando eu assisti a palestra de Lucy McRae no OFFF Barcelona de 2012, ela se apresentou como uma artista e uma arquiteta do corpo. Eu não entendi direito o que que ela quis dizer com esse último termo mas, enquanto sua conversa ia acontecendo e ela ia apresentando seus trabalhos, tudo pareceu fazer sentido. Seu trabalho é guiado pela sua fascinação pela relação que seres humanos tem com a tecnologia. E ela já levou isso tudo mas diversos meios, criando peças multimídias e vídeos para artista da música pop. Aliás, foi assim que eu acabei conhecendo ela inicialmente.

Quando eu assisti a palestra de Lucy McRae no OFFF Barcelona de 2012, ela se apresentou como uma artista e uma arquiteta do corpo. Eu não entendi direito o que que ela quis dizer com esse último termo mas, enquanto sua conversa ia acontecendo e ela ia apresentando seus trabalhos, tudo pareceu fazer sentido. Seu trabalho é guiado pela sua fascinação pela relação que seres humanos tem com a tecnologia. E ela já levou isso tudo mas diversos meios, criando peças multimídias e vídeos para artista da música pop. Aliás, foi assim que eu acabei conhecendo ela inicialmente.

Quando eu assisti a palestra de Lucy McRae no OFFF Barcelona de 2012, ela se apresentou como uma artista e uma arquiteta do corpo. Eu não entendi direito o que que ela quis dizer com esse último termo mas, enquanto sua conversa ia acontecendo e ela ia apresentando seus trabalhos, tudo pareceu fazer sentido. Seu trabalho é guiado pela sua fascinação pela relação que seres humanos tem com a tecnologia. E ela já levou isso tudo mas diversos meios, criando peças multimídias e vídeos para artista da música pop. Aliás, foi assim que eu acabei conhecendo ela inicialmente.

O que eu gosto no trabalho de Lucy McRae é como ela transforma o corpo humano de uma forma provocadora e quase grotesca, criando assim uma nova realidade. Esse lado do seu trabalho é fenomenal.

Transformando o Corpo Humano em Algo Novo com Lucy McRae

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Comentários

Powered by Facebook Comments

Tagged: , , , , , , , , ,