Pristina.org - Everything Design since 2005

Morgan Ashcom fotografa a juventude rural da Appalachia em Leviathan FotografiaFelipe Tofani on 25/09/2017

Fotografando a falta de futuro de alguns jovens ra região da Appalachia nos Estados Unidos
Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Tudo isso foi fotografado entre os anos de 2009 e 2012. Foi assim que ele conseguiu documentar suas experiências vivendo em uma comunidade remota em Ohio. Foi assim que ele conseguiu conciliar suas experiências de vida. Primeiro como a sua infância na fazendo e depois com a cultura de skate urbano onde ele acabou se juntando já mais velho.

Enquanto ele fazia as fotos de Leviathan, ele se enxergava de volta na fazenda onde cresceu. Uma realidade tão familiar para ele mas, cujos anos e outras pessoas, acabaram transformando em algo completamente novo. A identidade de tudo ainda parecia existir mas elas mudaram um pouco de ângulo, deixando todo o conhecimento de Morgan Ashcom inútil. Dai vieram as fotos.

Em alguma lingua nativa dos Estados Unidos, Appalachia significa mar de montanhas, ou algo similar. É lá que Morgan Ashcom viveu e viu tudo que você pode ver nessas fotografias. O tema aqui é a fuga, o escape desse mar de montanhas que cerca todos e como que o confronto deles chega a algum lugar. Muitas vezes, não chega a lugar algum. É isso que você vai ver aqui e foi isso que chamou minha atenção e transformou essas fotografias em um artigo por aqui.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

The weary-hearted sailors mount the isle, And, free from thought of peril, there abide. Elated, on the sands they build a fire, A mounting blaze. There, light of heart, they sit- No more discouraged-eager for sweet rest. Then when the crafty fiend perceives that men, Encamped upon him, making their abode, Enjoy the gentile weather, suddenly Under the salty waves he plunges down, Straight to the bottom deep he drags his prey; He, guest of the ocean, in his watery haunts Drowns ships and men, and fast imprisons them Within the halls of death.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Quando era adolescente, o fotógrafo Morgan Ashcom costumava sonhar com quando ele poderia escapar da fazenda onde cresceu, no estado americano da Virginia. De lá, ele e seus amigos viajavam para cidades diferentes, sem fazer muitos planos. A ideia era gastar pouco dinheiro e se divertir como puder. Algumas vezes, o dinheiro ficava tão curto que a solução era dormir em carros, no chão de conhecidos ou mesmo fazer uma vaquinha para pagar um hotel juntos. Essa era a realidade de Morgan Ashcom e foi isso que ele fotografou e acabou e tornando seu livro Leviathan.

Veja mais fotos desse projeto documental direto no link abaixo. Para comprar o livro de onde vem todas essas fotos e muitas outras, você precisa ir direto no site da Peperoni Books e torcer para que esse projeto limitado ainda esteja a venda.

Morgan Ashcom fotografa a juventude rural da Appalachia em Leviathan

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Comentários

Powered by Facebook Comments

Tagged: , , , , , , , , , , ,