Pristina.org - Everything Design since 2005

Explorando Identidades com Parker Day FotografiaFelipe Tofani on 27/11/2016

Explorando as identidades que temos quando perdemos as máscaras do nosso dia a dia
Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Vivemos em uma época que, devido a tecnologia, podemos transformar ocupações em vocações. Todos temos o poder de transformar uma vida estática em algo diferente através da ambição. Foi assim que a trajetória de vida de Parker Day mudou completamente e deveria servir de inspiração para todos.

Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Parker Day usa da internet para conseguir encontrar seus personagens e ela faz isso com uma certa estética eclética que depois acaba se tornando algo completamente diferente. E você pode ver mais dessa série de fotos logo abaixo. No início do ano que vem, as mais de 100 fotografias dessa série vão se tornar uma exposição em Los Angeles e Portland, além de aparecem em um livro de mesmo nome.

Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Parker Day is a Los Angeles based artist whose work explores identity and the masks we wear. Her focus is on fictionalized portraiture shot exclusively in studio on 35mm film. She is currently completing ICONS, a series of 100 character portraits, which will be presented in solo shows in Los Angeles and Portland in 2017, along with the release of her first monograph.

Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Por muito tempo Parker Day, uma fotógrafa americana baseada em Los Angeles, parecia estar nada satisfeita com a direção que sua vida estava apontando. Por brincadeira, um dia, ela resolveu fazer uma sessão de fotos com um amigo. O cenário era o seguinte: um diretor de cinema pornô com um visual andrógino segura um saco de pão com um fundo meio vinho. Essa sessão de fotos foi o que mudou a direção da vida de Parker Day e foi a primeira das muitas fotos que foram compostas para a série chamada ICONS. Aqui ela explora as identidades das pessoas e as máscaras que usamos no nosso dia a dia.

Além do seu portfólio logo abaixo, você também pode ver mais da fotografia de Parker Day no instagram.

Explorando Identidades com Parker Day

Comentários

Powered by Facebook Comments

Tagged: , , , , , , , ,