Essa exposição recebeu o nome de Predicting the Past: Zohar Studios, The Lost Years que pode ser traduzida livremente como Prevendo o passado: Os anos perdidos do Zohar Studios. Lá, você pode ver cerca de 30 fotografias diferente, grandes instalações, um armário de curiosidades e um livro que conta toda a história do Zohar Studios.
Pristina.org // Fotografia // Prevendo o passado: Os anos perdidos do Zohar Studios

Prevendo o passado: Os anos perdidos do Zohar Studios

Shimmel Zohar foi um fotógrafo judeu mítico que imigrou da Europa para os Estados Unidos no século XIX e que acabou fundando o Zohar Studios. Algumas das fotografias desse estúdio acabaram chegando agora em uma instalação fotográfica desenvolvida pelo fotógrafo Stephen Berkman.

Essa exposição recebeu o nome de Predicting the Past: Zohar Studios, The Lost Years que pode ser traduzida livremente como Prevendo o passado: os anos perdidos do Zohar Studios. Lá, você pode ver cerca de 30 fotografias diferentes de Stephen Berkman, grandes instalações, um armário de curiosidades e um livro que conta toda a história do Zohar Studios e desse projeto de Stephen Berkman.

Shimmel Zohar foi um fotógrafo judeu mítico que imigrou da Europa para os Estados Unidos no século XIX e que acabou fundando o Zohar Studios. Algumas das fotografias desse estúdio acabaram chegando agora em uma instalação fotográfica desenvolvida pelo fotógrafo Stephen Berkman.

Shimmel Zohar foi um fotógrafo judeu mítico que imigrou da Europa para os Estados Unidos no século XIX e que acabou fundando o Zohar Studios. Algumas das fotografias desse estúdio acabaram chegando agora em uma instalação fotográfica desenvolvida pelo fotógrafo Stephen Berkman.

Shimmel Zohar foi um fotógrafo judeu mítico que imigrou da Europa para os Estados Unidos no século XIX e que acabou fundando o Zohar Studios. Algumas das fotografias desse estúdio acabaram chegando agora em uma instalação fotográfica desenvolvida pelo fotógrafo Stephen Berkman.

A fotografia do Zohar Studios é usada como ponto de partida para contar um pouco da vida judaica nos Estados Unidos no século XIX. Além disso, as imagens ainda exploram um pouco da visão científica há mais de cem anos no passado. Criando assim uma visão de uma época que não existe mais nos Estados Unidos. Uma visão especial de um passado que não são muitos que conhecem.

A Predicting the Past: Zohar Studios, The Lost Years organizada por Stephen Berkman traz um pedaço do passado para o The Contemporary Jewish Museum, mostrando um estabelecimento fotográfico na Nova Iorque do século XIX. O Zohar Studios original estava localizado no Lower East Side de Nova Iorque, uma região da cidade predominantemente judia. E foi de lá que os retratos de Shimmel Zohar foram produzidos.

É interessante para mim, ver como a estranheza inerente as fotografias da época se juntam a uma formalidade excessiva como capturas de um passado não tão distante assim. Tudo isso com uma visão moderna que deixa tudo ainda mais intrigante.

Shimmel Zohar foi um fotógrafo judeu mítico que imigrou da Europa para os Estados Unidos no século XIX e que acabou fundando o Zohar Studios. Algumas das fotografias desse estúdio acabaram chegando agora em uma instalação fotográfica desenvolvida pelo fotógrafo Stephen Berkman.

Essa exposição recebeu o nome de Predicting the Past: Zohar Studios, The Lost Years que pode ser traduzida livremente como Prevendo o passado: Os anos perdidos do Zohar Studios. Lá, você pode ver cerca de 30 fotografias diferente, grandes instalações, um armário de curiosidades e um livro que conta toda a história do Zohar Studios.

Essa exposição recebeu o nome de Predicting the Past: Zohar Studios, The Lost Years que pode ser traduzida livremente como Prevendo o passado: Os anos perdidos do Zohar Studios. Lá, você pode ver cerca de 30 fotografias diferente, grandes instalações, um armário de curiosidades e um livro que conta toda a história do Zohar Studios.

Essa exposição recebeu o nome de Predicting the Past: Zohar Studios, The Lost Years que pode ser traduzida livremente como Prevendo o passado: Os anos perdidos do Zohar Studios. Lá, você pode ver cerca de 30 fotografias diferente, grandes instalações, um armário de curiosidades e um livro que conta toda a história do Zohar Studios.

Stephen Berkman é um fotógrafo baseado em Los Angeles, que é obcecado pela cultura e tecnologia vitoriana. A exposição que ele organizou no The Contemporary Jewish Museum de São Francisco é um tributo a fotografia de Shimmel Zohar e pode ser visto online de outubro de 2020 até 21 de março de 2021. Além disso, um livro documentando todo o projeto foi publicado e pode ser visto com mais detalhes por aqui.

Prevendo o passado: Os anos perdidos do Zohar Studios

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.