Skip to content
Pristina.org // historia // Page 2

historia

Reagan Ray andou pesquisando alguns dos discos mais clássicos do jazz e resolveu isolar os nomes dos artistas. Dessa forma, ele acabou criando uma belíssima seleção de letterings de discos de jazz com o nome de cada artista e o tratamento tipográfico que foi feito na época. Assim, surgiu um mini-tour da história do design gráfico em meados do século XX.

Colecionando o Lettering dos Discos de Jazz com Reagan Ray

Reagan Ray andou pesquisando alguns dos discos mais clássicos do jazz e resolveu isolar os nomes dos artistas. Dessa forma, ele acabou criando uma belíssima seleção de letterings de discos de jazz com o nome de cada artista e o tratamento tipográfico que foi feito na época. Assim, surgiu um mini-tour da história do design gráfico em meados do século XX.

Read More »Colecionando o Lettering dos Discos de Jazz com Reagan Ray

Esse arquivo inteiro consiste em centenas de fotografias em preto e branco, e coloridas de uma mesma mulher, a Margret S., em vários locais e poses. Algumas vezes ela aparece sentada em uma máquina de escrever no que se presume ser seu escritório, outras vezes ela aparece viajando e em quartos de hotel. Os documentos incluem amostras de cabelo dela, unhas e pacotes de anticoncepcional vazios, bem como um guardanapo manchado de sangue; todos com datas escritas.

Margret: Crônicas de um caso extraconjugal – maio de 1969 até dezembro de 1970

  • Arte

Margret: Crônicas de um caso extraconjugal é o nome de uma extraordinária coleção de materiais que foram encontrados em uma maleta abandonada em um apartamento alemão. Dentro dessa maleta, dezenas de objetos relacionados a um caso extraconjugal entre um empresário e sua secretária, no final dos anos sessenta e o início da década de setenta.

Read More »Margret: Crônicas de um caso extraconjugal – maio de 1969 até dezembro de 1970

O logo e o grid das Olimpíadas de Moscou em 1980, no design de Vladimir Arsentyev, consiste de uma seção de uma pista de corrida que levanta para se tornar uma das típicas silhuetas arquitetônicas de Moscou. Além disso, o design é finalizado com o embleme Olímpico e seus cinco anéis em apenas uma cor e uma estrela de cinco pontas acima de tudo.

Criando o Logo das Olimpíadas de Moscou em 1980 com Vladimir Arsentyev

O logo e o grid das Olimpíadas de Moscou em 1980, no design de Vladimir Arsentyev, consistem de uma seção de uma pista de corrida que levanta para se tornar uma das típicas silhuetas arquitetônicas de Moscou. Além disso, o design é finalizado com o emblema Olímpico e seus cinco anéis em apenas uma cor e uma estrela de cinco pontas acima de tudo.

Read More »Criando o Logo das Olimpíadas de Moscou em 1980 com Vladimir Arsentyev

Junto com os estudantes do Departamento de Design da Universidade de Ciências Aplicadas de Dortmund, Jens Müller pesquisou sobre a história do design gráfico da Berlim Ocidental e publicou esse trabalho no livro West-Berlin Grafik-Design. Entre os muitos trabalhos pesquisados, estão os inúmeros posters do Berlin International Filmfestival, o sistema de design de informação que Erik Spiekermann criou para o transporte público da cidade e oBerlin Layout de Anton Stankowski, considerada por muitos como a primeira identidade corporativa moderna feita para uma cidade.

West-Berlin Grafik-Design: Documentando o Design Gráfico na Berlim Ocidental

Junto com os estudantes do Departamento de Design da Universidade de Ciências Aplicadas de Dortmund, Jens Müller pesquisou sobre a história do design gráfico da Berlim Ocidental e publicou esse trabalho no livro West-Berlin Grafik-Design. Entre os muitos trabalhos pesquisados, estão os inúmeros posters do Berlin International Filmfestival, o sistema de design de informação que Erik Spiekermann criou para o transporte público da cidade e o Berlin Layout de Anton Stankowski, considerada por muitos como a primeira identidade corporativa moderna feita para uma cidade.

Read More »West-Berlin Grafik-Design: Documentando o Design Gráfico na Berlim Ocidental

Em seu novo livro, Land in Sonne, Christina Fenzl foi para as ruas da antiga Berlim oriental para documentar a população jovem dessa região da capital alemã. Seu objetivo foi o de capturar a geração que cresceu com a reunificação da Alemanha em áreas mais periféricas da cidade, em bairros como Marzahn, Hellersdorf, Lichtenberg e Hohenschönhausen.

Land in Sonne: Christina Fenzl fotografa a antiga Berlim Oriental

Em seu novo livro, Land in Sonne, Christina Fenzl foi para as ruas da antiga Berlim oriental para documentar a população jovem dessa região da capital alemã. Seu objetivo foi o de capturar a geração que cresceu com a reunificação da Alemanha em áreas mais periféricas da cidade, em bairros como Marzahn, Hellersdorf, Lichtenberg e Hohenschönhausen.

Read More »Land in Sonne: Christina Fenzl fotografa a antiga Berlim Oriental

Facing the Giant é o nome do documentário que apresenta a carreira artística de Shepard Fairey. No vídeo, você pode ver os inícios punks do artista com seus 19 anos de idade até o momento atual, nos seus quase 50 anos de vida. Durante o documentário, você é apresentado aos muitos lados dele: ativista, punk, pai, marido e tudo que isso representa de forma literal e metafórica.

Facing the Giant: 3 Decades of Dissent um documentário sobre Shepard Fairey

Facing the Giant é o nome do documentário que apresenta a carreira artística de Shepard Fairey. No vídeo, você pode ver os inícios punks do artista com seus 19 anos de idade até o momento atual, nos seus quase 50 anos de vida. Durante o documentário, você é apresentado aos muitos lados dele: ativista, punk, pai, marido e tudo que isso representa de forma literal e metafórica.

Read More »Facing the Giant: 3 Decades of Dissent um documentário sobre Shepard Fairey

Desde 1889 que a General Pencil Company vem combinando cera com tinta, madeira e grafite para criar um lápis que pode ser útil para aqueles que querem escrever e desenhar. E foi isso que o fotógrafo Christopher Payne resolveu documentar em uma série de images que tem levam para perto de uma das poucas fábricas de lápis que ainda existem nos Estados Unidos.

Como Christopher Payne documenta o complexo processo de produção de lápis

Desde 1889 que a General Pencil Company vem combinando cera com tinta, madeira e grafite para criar um lápis que pode ser útil para aqueles que querem escrever e desenhar. E foi isso que o fotógrafo Christopher Payne resolveu documentar em uma série de images que tem levam para perto de uma das poucas fábricas de lápis que ainda existem nos Estados Unidos.

Read More »Como Christopher Payne documenta o complexo processo de produção de lápis