Pristina.org - Everything Design since 2005

Mantenha Distância: Uma fonte inspirada nas carrocerias dos caminhões do Brasil TipografiaFelipe Tofani on 08/11/2016

Preservando um pouco da cultura gráfica do Brasil
Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffman, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffmann, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

Como essa expressão popular anda sumindo do mapa devido a introdução de novas tecnologias gráficas, Rafael Hoffmann resolveu resgatar e documentar essa manifestação informal da cultura brasileira antes que ela seja extinta de vez. Foi com esse objetivo em mente que o designer passou a pesquisar e chegou ao trabalho que você pode ver logo abaixo.

Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffman, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffman, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffman, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffman, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

A Mantenha Distância é uma fonte decorativa inspirada em um tipo específico de letreiramento comum em carrocerias e lameiras de caminhões no Brasil. Essas letras, chamadas de degradês por alguns, tem uma base quadrada ou retangular, um traço largo e pesado e cantos cortados com linhas curvas ou retas.

Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffman, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffman, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffman, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

Essa e tantas outras expressões difundidas por pintores anônimos têm entrado em decadência com a introdução de novas tecnologias digitais na indústria da comunicação visual. Por isso, o objetivo principal do desenvolvimento da Mantenha Distância é usar a tipografia como forma de resgatar e documentar essa manifestação informal antes que venha a ser extinta. Assim, essa expressão da nossa memória gráfica popular e do nosso design vernacular pode ser valorizada, preservada e divulgada através da sua reutilização em novos suportes.

Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffman, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffman, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

Mantenha Distância é o nome da fonte criada pelo designer brasileiro Rafael Hoffman, inspirada pelo lettering que é muito comum nas corredeiras e nas lameiras de caminhões por todo o Brasil. Algumas pessoas as chamam de degradês e elas vem com uma base quadrada ou retangular e um traço pesado, cortado nas laterais com linhas retas ou curvas.

Graças ao trabalho de Rafael Hoffmann podemos ter um pouco da memória gráfica popular brasileira preservada, divulgada e valorizada através da sua reutilização em outros meios e suportes. Para isso, ele liberou o download do seu trabalho gratuitamente e você pode fazer no link logo abaixo. E se você anda procurando por mais fontes gratuitas, clique aqui para ver outros posts tipográficos.

Mantenha Distância: Uma fonte inspirada nas carrocerias dos caminhões do Brasil

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Comentários

Powered by Facebook Comments

Tagged: , , , , , , , ,