Antes de Terry Gilliam dirigir clássicos do cinema como Brazil, os 12 Macacos, As Aventuras do Barão de Münchausen e Fear and Loathing in Las Vegas; antes dele se tornar o único americano do grupo de comédia Monty Python, ele mostrou ao mundo como fazer animações no programa de tv britânico conhecido como Do Not Adjust Your Set. E, agora, você pode ver esse vídeo com as animações de Terry Gilliam.
Pristina.org // Videos e Motion Design // As Animações de Terry Gilliam

As Animações de Terry Gilliam

Antes de Terry Gilliam dirigir clássicos do cinema como Brazil, os 12 MacacosAs Aventuras do Barão de Münchausen e Fear and Loathing in Las Vegas; antes dele se tornar o único americano do grupo de comédia Monty Python, ele mostrou ao mundo como fazer animações no programa de tv britânico conhecido como Do Not Adjust Your Set. E, agora, você pode ver esse vídeo com as animações de Terry Gilliam.

Nesse programa, Terry Gilliam mostra como ele trabalha com animação, como ele usa de imagens prontas se movendo na frente de uma câmera para mostrar o movimento e como ele acredita que esse processo mostra mais espontaneidade e um custo menor do que outras maneiras.

Quando Terry Gilliam trabalhava com as animações de Monty Python, ele acabou criando alguns dos momentos mais memoráveis do show. Pelo menos, para mim. Lembro de ver camarões que se alimentam de senhores, um gato gigante que ameaça Londres e aquele enorme pé que faz parte da vinheta de abertura.

Antes de Terry Gilliam dirigir clássicos do cinema como Brazil, Time Bandits e Fear and Loathing in Las Vegas; antes dele se tornar o único americano do grupo de comédia Monty Python, ele mostrou ao mundo como fazer animações no programa de tv britânico conhecido como Do Not Adjust Your Set.

The whole point of animation to me is to tell a story, make a joke, express an idea. The technique itself doesn’t really matter. Whatever works is the thing to use. That’s why I use cut-out. It’s the easiest form of animation I know.

Quando Terry Gilliam trabalhava com as animações de Monty Python, ele acabou criando alguns dos momentos mais memoráveis do show. Pelo menos, para mim. Lembro de ver camarões que se alimentam de senhores, um gato gigante que ameaça Londres e aquele enorme pé que faz parte da vinheta de abertura.

No vídeo abaixo, criado para Do It Yourself Film Animation Show de Bob Godfrey, você pode aprender com Terry Gilliam sobre suas técnicas. Lá, ele fala sobre como o segredo do que ele chama de cut-out animation é saber suas limitações. Movimentos graciosos dignos de filmes da Disney são, praticamente, impossíveis. Mas, movimentos rápidos e súbitos são bem mais simples e podem contar a história de um jeito muito melhor. É por isso que você vê mais decaptações e outras piadas estranhas do que danças de baile e outros movimentos complexos em Monty Python.

As Animações de Terry Gilliam

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.