Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.
Pristina.org // Arte // Interloop de Chris Fox é uma obra de arte feita de restos de uma escada rolante na Austrália

Interloop de Chris Fox é uma obra de arte feita de restos de uma escada rolante na Austrália

  • Arte

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Interloop é uma instalação escultural criada por Chris Fox na Wynyard Station, em Sydney na Austrália. As escadas rolantes de madeira que foram utilizadas por mais de 80 anos foram preservadas em uma série de espirais e curvas que simulam, de uma forma diferente, a forma com a qual essas escadas foram utilizadas. Posicionadas perto do teto na Wynyard Station, perto das novas escadas rolantes que levam ao metrô da York Street, essa obra de arte mostra um pouco da história do local e cria um visual quase lisérgico que deixa o dia a dia das pessoas que passam por ali bem mais interessante.

Chris Fox ‘Interloop’ 2017

‘Interloop’, by artist Chris Fox, hangs from Wynyard station ceiling, hovering above the escalators that travel underground from York Street. The vast twisting accordion-shaped sculpture reconfigures the heritage escalators that once stood there in a stitched form.

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Essas escadas rolantes de madeira que acabaram se tornando o Interloop foram instaladas, originalmente, em 1931. E serviram ao público do metrô de Sydney por muitos anos e não poderiam ser descartadas assim tão fácil. Afinal, elas vem com um senso de tempo, de viagem e de jornadas que já aconteceram por lá.

Pessoalmente, acho bem interessante como Chris Fox conseguiu transformar um objeto que muitas pessoas ignoram em algo tão especial. Esse visual distorcido que fica acima das cabeças de quem passa pelo local é quase hipnotizantes e vai se tornar o motivo de muitas fotografias. Tenho certeza disso.

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Interloop, by artist Chris Fox, hangs from Wynyard station ceiling, hovering above the escalators that travel underground from York Street. The vast twisting accordion-shaped sculpture reconfigures the heritage escalators that once stood there in a stitched form. Suspended between two ends of the building, Interloop measures more than fifty metres in length, weighs over five tonnes, and weaves in 244 wooden treads and four combs from the original escalators. Whilst paying homage to the past, it also, simultaneously, looks forward to the future.

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Quando prédios antigos são demolidos, um grande número de materiais acaba sendo jogado fora. Alguns desses materiais, aquele com um visual mais ornamental, acabam sendo preservados de alguma forma. Mas o que fazer com aqueles materiais e objetos que acabam sendo mais funcionais? Foi pensando nisso que o artista australiano Chris Fox criou o Interloop.

Interloop de Chris Fox é uma obra de arte feita de restos de uma escada rolante na Austrália

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.