Skip to content
Pristina.org // Design Gráfico // the Slighted

the Slighted

Não sei muito coisa sobre a pessoa por trás do designs que vejo sobre o nome de the Slighted. Sei que essa pessoa usa o twitter em nome de Bobby e que mora em Londres. Apenas isso.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Seu trabalho de design gráfico parece enigmático da mesma forma. O estilo que observo nos posters e capas de revista que encontrei no portfólio do the Slighted mostram uma modernidade sem esforço. Uma tipografia que conta mais do que você consegue ver. Um alinhamento que parece não deixar nada parado. Posso dizer que, desde que a primeira vez que vi essas imagens no flickr, virei fã.

Se você gostou do que viu aqui, você pode dar uma olhada no Flickr, onde dá para ver ainda mais imagens.

Slighted

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.