Quando se trata da sua arte e do seu design, Roman Cie?lewicz tinha vários interesses que incluiam a fotografia, a tipografia, colagens e posters, que é a forma com a qual conheci seu trabalho há alguns anos. E é o que eu acabei selecionando como referência visual para seu trabalho. Se você quer ver mais que ele produziu, você pode ver mais imagens do seu trabalho direto nas coleções do MOMA.
Pristina.org // Design // Os Posters e a Arte de Roman Cieslewicz

Os Posters e a Arte de Roman Cieslewicz

Acredito que não são muitos os designers que reconheceriam o trabalho de Roman Cieslewicz por ai, mas seus posters e sua arte são amplamente reconhecidos internacionalmente. Afinal, ele foi um dos fundadores da escola de cartazes polonesa e, foi lá que ele promoveu uma busca visual pela clareza estética e simplicidade. Tudo isso enquanto incentivava uma abundância de modos de expressão e o uso de metáfora poética como parte do design.

Quando se trata da sua arte e do seu design, Roman Cieslewicz tinha vários interesses que incluiam a fotografia, a tipografia, colagens e posters, que é a forma com a qual conheci seu trabalho há alguns anos. E é o que eu acabei selecionando como referência visual para seu trabalho. Se você quer ver mais que ele produziu, você pode ver mais imagens do seu trabalho direto nas coleções do MOMA.

Acredito que não são muitos os designers que reconheceriam o trabalho de Roman Cie?lewicz por ai, mas seus posters e sua arte são amplamente reconhecidos internacionalmente. Afinal, ele foi um dos fundadores da escola de cartazes polonesa e, foi lá que ele promoveu uma busca visual pela clareza estética e simplicidade. Tudo isso enquanto incentivava uma abundância de modos de expressão e o uso de metáfora poética como parte do design.

Acredito que não são muitos os designers que reconheceriam o trabalho de Roman Cie?lewicz por ai, mas seus posters e sua arte são amplamente reconhecidos internacionalmente. Afinal, ele foi um dos fundadores da escola de cartazes polonesa e, foi lá que ele promoveu uma busca visual pela clareza estética e simplicidade. Tudo isso enquanto incentivava uma abundância de modos de expressão e o uso de metáfora poética como parte do design.

Acredito que não são muitos os designers que reconheceriam o trabalho de Roman Cie?lewicz por ai, mas seus posters e sua arte são amplamente reconhecidos internacionalmente. Afinal, ele foi um dos fundadores da escola de cartazes polonesa e, foi lá que ele promoveu uma busca visual pela clareza estética e simplicidade. Tudo isso enquanto incentivava uma abundância de modos de expressão e o uso de metáfora poética como parte do design.

Roman Cieslewicz nasceu em Lwów em 1930, quando essa cidade ainda fazia parte da Polônia. Foi lá que, entre 1943 e 1946, ele estudou na Escola de Indústria Artística da cidade. De lá, foi para Cracóvia estudar Belas Artes e, em 1949, foi estudar sobre posters e cartazes na Academia de Belas Artes de Cracóvia, onde aprendeu com alguns dos melhores artistas da Polônia.

Depois de seus anos de estudo, Roman Cieslewicz foi trabalhar criando posters para a agência estatal de distribuição de filmes e cinema na Polônia. Ai, seu trabalho começou a se desenvolver mais e mais. No início de 1963, ele saiu da Polônia e foi trabalhar em alguns projetos para a Krupp na Alemanha. Daí, mudou-se para Itália com sua família e, ainda em 1963, foi para Paris onde acabou vivendo e trabalhando pelo resto da vida. Inclusive, se tornando cidadão francês em 1971.

Foi em Paris que sua visão de arte e design se misturou ainda mais. Entre 1965 e 1969, ele foi diretor de arte da revista Elle onde implementou sua visão de design própria e também contribuiu para a Vogue. Além disso, criou projetos editoriais para outras revistas pela Europa. Ainda no lado editorial, seu trabalho de design editorial para os catálogos de exposição do Centro Pompidou de Paris chamaram ainda mais a atenção do mundo para o que ele fazia.

Acredito que não são muitos os designers que reconheceriam o trabalho de Roman Cie?lewicz por ai, mas seus posters e sua arte são amplamente reconhecidos internacionalmente. Afinal, ele foi um dos fundadores da escola de cartazes polonesa e, foi lá que ele promoveu uma busca visual pela clareza estética e simplicidade. Tudo isso enquanto incentivava uma abundância de modos de expressão e o uso de metáfora poética como parte do design.

Acredito que não são muitos os designers que reconheceriam o trabalho de Roman Cie?lewicz por ai, mas seus posters e sua arte são amplamente reconhecidos internacionalmente. Afinal, ele foi um dos fundadores da escola de cartazes polonesa e, foi lá que ele promoveu uma busca visual pela clareza estética e simplicidade. Tudo isso enquanto incentivava uma abundância de modos de expressão e o uso de metáfora poética como parte do design.

Quando se trata da sua arte e do seu design, Roman Cie?lewicz tinha vários interesses que incluiam a fotografia, a tipografia, colagens e posters, que é a forma com a qual conheci seu trabalho há alguns anos. E é o que eu acabei selecionando como referência visual para seu trabalho. Se você quer ver mais que ele produziu, você pode ver mais imagens do seu trabalho direto nas coleções do MOMA.

Quando se trata da sua arte e do seu design, Roman Cie?lewicz tinha vários interesses que incluiam a fotografia, a tipografia, colagens e posters, que é a forma com a qual conheci seu trabalho há alguns anos. E é o que eu acabei selecionando como referência visual para seu trabalho. Se você quer ver mais que ele produziu, você pode ver mais imagens do seu trabalho direto nas coleções do MOMA.

Quando se trata da sua arte e do seu design, Roman Cie?lewicz tinha vários interesses que incluiam a fotografia, a tipografia, colagens e posters, que é a forma com a qual conheci seu trabalho há alguns anos. E é o que eu acabei selecionando como referência visual para seu trabalho. Se você quer ver mais que ele produziu, você pode ver mais imagens do seu trabalho direto nas coleções do MOMA.

Quando se trata da sua arte e do seu design, Roman Cie?lewicz tinha vários interesses que incluiam a fotografia, a tipografia, colagens e posters, que é a forma com a qual conheci seu trabalho há alguns anos. E é o que eu acabei selecionando como referência visual para seu trabalho. Se você quer ver mais que ele produziu, você pode ver mais imagens do seu trabalho direto nas coleções do MOMA.

Quando se trata da sua arte e do seu design, Roman Cie?lewicz tinha vários interesses que incluiam a fotografia, a tipografia, colagens e posters, que é a forma com a qual conheci seu trabalho há alguns anos. E é o que eu acabei selecionando como referência visual para seu trabalho. Se você quer ver mais que ele produziu, você pode ver mais imagens do seu trabalho direto nas coleções do MOMA.

Quando se trata da sua arte e do seu design, Roman Cie?lewicz tinha vários interesses que incluiam a fotografia, a tipografia, colagens e posters, que é a forma com a qual conheci seu trabalho há alguns anos. E é o que eu acabei selecionando como referência visual para seu trabalho. Se você quer ver mais que ele produziu, você pode ver mais imagens do seu trabalho direto nas coleções do MOMA.

Roman Cieslewicz morreu em 1996 e deixou um mundo de trabalhos artísticos e de design para todos verem. Porém, seu foco principal sempre foi os posters e ele mesmo dizia isso já que seu sonho era fazer com que o maior número de pessoas pudesse ver seu trabalho e como fazer isso sem colocar suas imagens na rua, para todos verem.

Se você quer aprender mais sobre a vida e o trabalho de Roman Cieslewicz, você pode ler a entrevista que ele deu, em 1993, para a Eye Magazine. Além disso, você ainda pode ver vários de seus posters no Polish Poster Gallery.

Os Posters e a Arte de Roman Cieslewicz

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.