Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.
Pristina.org // Embalagem // Os Vinhos da Casa Cardona no design de Marçal Prats

Os Vinhos da Casa Cardona no design de Marçal Prats

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

O trabalho do designer Marçal Prats foi o de criar uma identidade visual e uma série de embalagens que demonstrassem os diferentes vinhos produzidos pela Casa Cardona. Sua solução visual veio do Op-Arte e os retratos que você pode ver nas embalagens abaixo foram o resultado de uma série de experimentos com luzes, focado na percepção e na ilusão de ótica.

A ideia era capturar uma profundidade visual que pudesse ser representada nas embalagens e, em simultâneo, criar um efeito visual de movimento que transferisse para as superfícies das garrafas.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

Por mais que as embalagens criadas por Marçal Prats tenham usado de referência as pinturas de artistas como Victor Vasarely e Bridget Riley, é interessante observar como o uso de uma tipografia moderna acaba criando uma nova atmosfera. A fonte aqui usada foi a Fivo Sans Modern que remete a uma estética moderna que, algumas vezes, me lembra um pouco o mesmo período.

Pessoalmente, eu adorei o conceito por trás de todo esse trabalho e achei fenomenal a forma com a qual os retratos das fundadoras da Casa Cardona aparecem nas embalagens. A forma de tratar os vinhos com os nomes das mesmas acaba passando uma familiariedade especial e eu só consigo elogiar esse trabalho aqui.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.

Os vinhos da Casa Cardona resultaram de um projeto comunitário, liderado por um grupo de amigas que moram ao redor da Praça Cordona, em Barcelona. E, pensando em suas fudandoras, cada um dos vinhos apresenta uma personalidade diferente, um visual e um nome único.
Marçal Prats é um designer gráfico especializado em design editorial, branding e em identidades visuais. Originalmente de Barcelona, hoje em dia ele trabalha em Londres, depois de uma estadia em Washington D.C. Seu trabalho é bem interessante e pode ser visto com mais detalhes em seu portfólio digital e no seu perfil no Behance.

Para saber mais sobre a identidade visual e as embalagens que ele criou para a Casa Cardona, você só precisa clicar no link abaixo e ir direto para o Behance.

Os Vinhos da Casa Cardona no design de Marçal Prats

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

1 thought on “Os Vinhos da Casa Cardona no design de Marçal Prats”

  1. Pingback: A Richard Rogers Drawing Gallery na França via @pristinaorg

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.