Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.
Pristina.org // Fotografia // Anton Corbijn: Uma Retrospectiva Fotográfica

Anton Corbijn: Uma Retrospectiva Fotográfica

Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.

Nessa retrospectiva fotográfica em Berlin, você vai conseguir acompanhar a evolução de Anton Corbijn de um fotógrafo auto-didata até o celebrado diretor de filmes e fotógrafo influente que conhecemos hoje. Essa exposição é feita de duas partes: a primeira é chamada Hollands Deep e mostra os 40 anos de carreira do fotógrafo e vai das primeiras fotos em preto e branco até seu trabalho mais conceitual e pessoal. O outro lado da exposição é chamado de 1-2-3-4 e é uma celebração do seu trabalho com bandas e músicos. É lá que você vai poder ver inúmeras fotos de Metallica a Nick Cave, de Depeche Mode a David Bowie, de Johnny Rotten a Nirvana e de Rolling Stones a Arcade Fire.

Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.

Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.

Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.

Se você não sabe quem é Anton Corbijn, não se preocupe. A gente vai explicar para você. Nascido Anton Johannes Gerrit Corbijn van Willenswaard na Holanda em 1955, seu primeiro contato com câmeras e fotografia foi aos 17 anos de idade e ele não conseguiu mais parar. Em 1979, ele mudou para Londres sob a influência do seu amor por post-punk e foi lá que ele se tornou o principal fotógrafo da NME por cinco anos. Foi lá que ele conheceu muitos dos artistas que você pode ver nas fotos nesse artigo, como U2 e Depeche Mode.

Mas Anton Corbijn não parou na fotografia. Ele já trabalhou com design de palcos, capas de discos e mais de 80 vídeos desde 1983. Foi assim que eu conheci seu trabalho e a culpa é do Nirvana e do seu Heart Shaped Box. Nos últimos anos, sua atenção passou a ser os filmes e assim ele dirigiu Control, The American, A Most Wanted Man e alguns outros filmes.

Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.

Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.

Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.

Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.

Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.

Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.

Para celebrar os sessenta anos de Anton Corbijn, o C/O Berlin resolveu montar uma exposição especial fazendo uma retrospectiva do trabalho dele com cerca de 600 fotografias. Muitas delas nunca foram vistas antes e isso é apenas um pequeno detalhe que transforma essa exposição em algo especial.

Se você estiver em Berlin até o final de janeiro de 2016, dê uma passada no C/O Berlin que você vai adorar essa retrospectiva fotográfica do Anton Corbijn. Visitei a exposição no final de novembro de 2015 e quase me esqueci de escrever por aqui sobre ela.

Anton Corbijn: Uma retrospectiva fotográfica em Berlin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.