Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.
Pristina.org // Fotografia // Greg Ponthus e sua fotografia onírica

Greg Ponthus e sua fotografia onírica

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Greg Ponthus é um fotógrafo francês que cresceu em Lyon e, hoje em dia, mora em Bruxelas, na Bélgica. É de lá que ele cria as imagens que você pode ver aqui.

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Greg Ponthus fotografa paisagens que mais lembram sonhos e que demonstram a vulnerabilidade de tudo ao nosso redor. Essa fragilidade pode ser vista nas expressões das pessoas nas fotos ou na emoção que ele tenta passar nas suas fotos. Fotografias essas que apresentam, quase sempre, um visual etéreo com cores e iluminação acompanhando o tema.

Para saber mais sobre o trabalho do fotógrafo, você precisa clicar no link abaixo e visitar seu perfil no Instagram.

Greg Ponthus e sua fotografia onírica

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.