Skip to content
Entre os projetos que explorei no portfólio fotográfico do Daniel Beltrá, o que mais me chamou a atenção vem direto de maio de 2010. Foi nessa época que o fotografo foi para o Golfo do México documentar o maior vazamento de petróleo no oceano da história. Esse vazamento de petróleo foi responsabilidade da BP e começou em abril de 2010 e só parou meses depois, em setembro de 2010.
Pristina.org // Fotografia // Documentando Vazamentos de Petróleo com Daniel Beltrá

Documentando Vazamentos de Petróleo com Daniel Beltrá

Daniel Beltrá encontra a inspiração na beleza e na complexidade da natureza. Talvez, por isso que a fragilidade dos nossos ecossistemas sejam o fio condutor da sua carreira fotográfica. Afinal, suas fotografias mostram a vasta escala de transformação que o nosso mundo anda a passar devido a intervenções humanas.

Entre os projetos que explorei no portfólio fotográfico do Daniel Beltrá, o que mais me chamou a atenção vem direto de maio de 2010. Foi nessa época que o fotografo foi para o Golfo do México documentar o maior vazamento de petróleo no oceano da história.

Esse vazamento de petróleo foi responsabilidade da BP e começou em abril de 2010 e só parou meses depois, em setembro de 2010.

Daniel Beltrá encontra a inspiração na beleza e na complexidade da natureza. Talvez, por isso que a fragilidade dos nossos ecossistemas sejam o fio condutor da sua carreira fotográfica. Afinal, suas fotografias mostram a vasta escala de transformação que o nosso mundo anda a passar devido a intervenções humanas.

Daniel Beltrá encontra a inspiração na beleza e na complexidade da natureza. Talvez, por isso que a fragilidade dos nossos ecossistemas sejam o fio condutor da sua carreira fotográfica. Afinal, suas fotografias mostram a vasta escala de transformação que o nosso mundo anda a passar devido a intervenções humanas.

Daniel Beltrá encontra a inspiração na beleza e na complexidade da natureza. Talvez, por isso que a fragilidade dos nossos ecossistemas sejam o fio condutor da sua carreira fotográfica. Afinal, suas fotografias mostram a vasta escala de transformação que o nosso mundo anda a passar devido a intervenções humanas.

Entre os projetos que explorei no portfólio fotográfico do Daniel Beltrá, o que mais me chamou a atenção vem direto de maio de 2010. Foi nessa época que o fotografo foi para o Golfo do México documentar o maior vazamento de petróleo no oceano da história. Esse vazamento de petróleo foi responsabilidade da BP e começou em abril de 2010 e só parou meses depois, em setembro de 2010.

Para capturar esses momentos históricos, Daniel Beltrá precisou trabalhar do ar, conseguindo assim capturar de forma mais dramática a justaposição da natureza e a destruição causada pelo desenvolvimento insustentável. E isso pode ser visto com extrema clareza nas imagens que ele fez acima do vazamento do Deepwater Horizon.

O seu objetivo com essas fotografias é trazer imagens de locais remotos, onde interesses humanos entram em conflito com a natureza, e incitar uma apreciação mais profunda pelo mundo em que vivemos.

Daniel Beltrá encontra a inspiração na beleza e na complexidade da natureza. Talvez, por isso que a fragilidade dos nossos ecossistemas sejam o fio condutor da sua carreira fotográfica. Afinal, suas fotografias mostram a vasta escala de transformação que o nosso mundo anda a passar devido a intervenções humanas.

Daniel Beltrá encontra a inspiração na beleza e na complexidade da natureza. Talvez, por isso que a fragilidade dos nossos ecossistemas sejam o fio condutor da sua carreira fotográfica. Afinal, suas fotografias mostram a vasta escala de transformação que o nosso mundo anda a passar devido a intervenções humanas.

Entre os projetos que explorei no portfólio fotográfico do Daniel Beltrá, o que mais me chamou a atenção vem direto de maio de 2010. Foi nessa época que o fotografo foi para o Golfo do México documentar o maior vazamento de petróleo no oceano da história. Esse vazamento de petróleo foi responsabilidade da BP e começou em abril de 2010 e só parou meses depois, em setembro de 2010.

Entre os projetos que explorei no portfólio fotográfico do Daniel Beltrá, o que mais me chamou a atenção vem direto de maio de 2010. Foi nessa época que o fotografo foi para o Golfo do México documentar o maior vazamento de petróleo no oceano da história. Esse vazamento de petróleo foi responsabilidade da BP e começou em abril de 2010 e só parou meses depois, em setembro de 2010.

Entre os projetos que explorei no portfólio fotográfico do Daniel Beltrá, o que mais me chamou a atenção vem direto de maio de 2010. Foi nessa época que o fotografo foi para o Golfo do México documentar o maior vazamento de petróleo no oceano da história. Esse vazamento de petróleo foi responsabilidade da BP e começou em abril de 2010 e só parou meses depois, em setembro de 2010.

Se você gostou das fotografias que selecionei por aqui, você precisa clicar no link abaixo. Além disso, o portfólio de Daniel Beltrá é repleto de belíssimas imagens trágicas do que o desenvolvimento humano anda fazendo a natureza.

Documentando Vazamentos de Petróleo com Daniel Beltrá

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.