Skip to content
Esses murais da série Weeds de Mona Caron já apareceram por prédios e residências nos Estados Unidos, América do Sul, Ásia e Europa. Alguns murais acabam sendo feitos por técnicas de stop-motion e eu acredito que foi assim que acabei conhecendo o trabalho da artista, num vídeo que assisti na Al-Jazeera.
Pristina.org // Ilustração // Os Murais de Ervas Daninhas da Mona Caron

Os Murais de Ervas Daninhas da Mona Caron

Mona Caron é uma artista suíça que vive e trabalha em São Francisco, usando de fotografias, ilustrações e murais para se expressar. Conheci o seu trabalho através de uma série de murais que receberam o nome de Weeds onde ela retrata ervas daninhas em formatos gigantes.

Esses murais da série Weeds de Mona Caron já apareceram por prédios e residências nos Estados Unidos, América do Sul, Ásia e Europa. Alguns murais acabam sendo feitos por técnicas de stop-motion e eu acredito que foi assim que acabei conhecendo o trabalho da artista, num vídeo que assisti na Al-Jazeera.

Mona Caron é uma artista suíça que vive e trabalha em São Francisco, usando de fotografias, ilustrações e murais para se expressar. Conheci o seu trabalho através de uma série de murais que receberam o nome de Weeds onde ela retrata ervas daninhas em formatos gigantes.

Mona Caron é uma artista suíça que vive e trabalha em São Francisco, usando de fotografias, ilustrações e murais para se expressar. Conheci o seu trabalho através de uma série de murais que receberam o nome de Weeds onde ela retrata ervas daninhas em formatos gigantes.

Mona Caron é uma artista suíça que vive e trabalha em São Francisco, usando de fotografias, ilustrações e murais para se expressar. Conheci o seu trabalho através de uma série de murais que receberam o nome de Weeds onde ela retrata ervas daninhas em formatos gigantes.

Mona Caron é uma artista suíça que vive e trabalha em São Francisco, usando de fotografias, ilustrações e murais para se expressar. Conheci o seu trabalho através de uma série de murais que receberam o nome de Weeds onde ela retrata ervas daninhas em formatos gigantes.

Mona Caron é uma artista suíça que vive e trabalha em São Francisco, usando de fotografias, ilustrações e murais para se expressar. Conheci o seu trabalho através de uma série de murais que receberam o nome de Weeds onde ela retrata ervas daninhas em formatos gigantes.

Mona Caron é uma artista suíça que vive e trabalha em São Francisco, usando de fotografias, ilustrações e murais para se expressar. Conheci o seu trabalho através de uma série de murais que receberam o nome de Weeds onde ela retrata ervas daninhas em formatos gigantes.

Para a artista, as ervas daninhas podem ser minúsculas, mas rompem o concreto. Elas estão em todos os lugares e, mesmo assim, são invisíveis. E, quanto mais elas são pisadas, mais elas voltam a crescer, sempre mais fortes.

Na série de murais que recebeu o nome de Weeds de Mona Caron, essas plantas são homenageadas devido a sua resiliência. Afinal, elas não receberam o seu espaço, não faziam parte do plano de ninguém e, mesmo assim, continuam a voltar, avançando e erguendo-se em todos os lugares.

Mona Caron procura por essas plantas clandestinas pelas ruas das cidades onde visita e, quando se depara com uma espécie particularmente heroica, ela sabe que encontrou o objeto da sua próxima pintura. Sempre numa escala inversamente proporcional a atenção e consideração que essas plantas recebem.

Esses murais da série Weeds de Mona Caron já apareceram por prédios e residências nos Estados Unidos, América do Sul, Ásia e Europa. Alguns murais acabam sendo feitos por técnicas de stop-motion e eu acredito que foi assim que acabei conhecendo o trabalho da artista, num vídeo que assisti na Al-Jazeera.

Esses murais da série Weeds de Mona Caron já apareceram por prédios e residências nos Estados Unidos, América do Sul, Ásia e Europa. Alguns murais acabam sendo feitos por técnicas de stop-motion e eu acredito que foi assim que acabei conhecendo o trabalho da artista, num vídeo que assisti na Al-Jazeera.

Esses murais da série Weeds de Mona Caron já apareceram por prédios e residências nos Estados Unidos, América do Sul, Ásia e Europa. Alguns murais acabam sendo feitos por técnicas de stop-motion e eu acredito que foi assim que acabei conhecendo o trabalho da artista, num vídeo que assisti na Al-Jazeera.

Esses murais da série Weeds de Mona Caron já apareceram por prédios e residências nos Estados Unidos, América do Sul, Ásia e Europa. Alguns murais acabam sendo feitos por técnicas de stop-motion e eu acredito que foi assim que acabei conhecendo o trabalho da artista, num vídeo que assisti na Al-Jazeera.

Esses murais da série Weeds de Mona Caron já apareceram por prédios e residências nos Estados Unidos, América do Sul, Ásia e Europa. Alguns murais acabam sendo feitos por técnicas de stop-motion e eu acredito que foi assim que acabei conhecendo o trabalho da artista, num vídeo que assisti na Al-Jazeera.

Esses murais da série Weeds de Mona Caron já apareceram por prédios e residências nos Estados Unidos, América do Sul, Ásia e Europa. Alguns murais acabam sendo feitos por técnicas de stop-motion e eu acredito que foi assim que acabei conhecendo o trabalho da artista, num vídeo que assisti na Al-Jazeera.

Para saber mais sobre o trabalho de murais de Mona Caron, você só precisa clicar no link abaixo.

Os Murais de Weeds da Mona Caron

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.