Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.
Pristina.org // Branding // Criando a Identidade Visual do Museu do Gueto de Varsóvia com o pessoal do DADADA Studio

Criando a Identidade Visual do Museu do Gueto de Varsóvia com o pessoal do DADADA Studio

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

Os pensamentos e a lógica por trás do trabalho do DADADA Studio para a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia são focadas na função na memória. De acordo com os designers desse estúdio baseado na Lituânia, seu projeto não trata de tipografia e sim de memografia. Não é um logotipo e sim um memotipo. É sobre memória e não sobre um monumento. Pessoalmente, suponho que essa mudança de nomes não é necessária, mas acaba adicionando um pouco mais de valor em todo o trabalho criado por eles.

O trabalho apresentado para o Museu do Gueto de Varsóvia quer refletir a conexão da herança polonesa e judaica de forma a apresenta os nomes daqueles que foram forçados e viver no gueto. Dessa forma, o projeto quer resgatar todos aqueles que passaram por lá. Afirmando que ninguém pode ser esquecido e esse conceito visual é o que passa por todos os materiais criados e cria uma linha invisível entre o passado coletivo e as memórias coletivas do presente.

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

O trabalho apresentado para o Museu do Gueto de Varsóvia quer refletir a conexão da herança polonesa e judaica de forma a apresenta os nomes daqueles que foram forçados e viver no gueto. Dessa forma, o projeto quer resgatar todos aqueles que passaram por lá. Afirmando que ninguém pode ser esquecido e esse conceito visual é o que passa por todos os materiais criados e cria uma linha invisível entre o passado coletivo e as memórias coletivas do presente.

Achei bem interessante como que eles resolveram o problema visual de conectar o passado polonês com o judaico de forma visual. A forma com a qual a tipografia foi desenvolvida, misturando caracteres latinos e do yiddish é bem eficaz. E tudo isso fica ainda mais impactante quando você vê a forma com a qual o DADADA Studio desenvolveu para criar um logo com cada nome daqueles que viveram no gueto de Varsóvia. Uma ótima ideia e execução visual como você pode ver por aqui.

O trabalho apresentado para o Museu do Gueto de Varsóvia quer refletir a conexão da herança polonesa e judaica de forma a apresenta os nomes daqueles que foram forçados e viver no gueto. Dessa forma, o projeto quer resgatar todos aqueles que passaram por lá. Afirmando que ninguém pode ser esquecido e esse conceito visual é o que passa por todos os materiais criados e cria uma linha invisível entre o passado coletivo e as memórias coletivas do presente.

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

Para se trabalhar com a identidade visual do Museu do Gueto de Varsóvia é preciso pensar sobre a função da memória e como representar todos aqueles que viveram por esse que foi um dos momentos mais dramáticos da história da Segunda Guerra Mundial. Por culpa disso tudo, a abordagem do pessoal da DADADA Studio foi um pouco diferente e até questionou um pouco da estrutura do design gráfico.

O Museu do Gueto de Varsóvia tem previsão de ser inaugurado em 2023, para comemorar os 80 anos do Levante do Gueto de Varsóvia. O trabalho de identidade visual que você pode ser visto aqui foi feito por Milda Siulyte e Sashko Rogovets no DADADA Studio, em Vilnius, na Lituânia.

Criando a Identidade Visual do Museu do Gueto de Varsóvia com o pessoal do DADADA Studio

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.