Skip to content
Pristina.org // pintura

pintura

Através de uma colaboração da Sothebys com a AllRightsReserved, o trabalho do espanhol Joan Cornella? chega a Hong Kong com uma exposição que recebeu o belíssimo nome de My Life Is Pointless. Nessa exposição agendada para o final de um conturbado ano para todos, o artista expõe seus novos trabalhos que envolvem grandes painéis, pinturas e esculturas de bronze.

My Life Is Pointless: Uma Exposição de Joan Cornella em Hong Kong

Através de uma colaboração da Sothebys com a AllRightsReserved, o trabalho do espanhol Joan Cornella chega a Hong Kong com uma exposição que recebeu o belíssimo nome de My Life Is Pointless. Nessa exposição agendada para o final de um conturbado ano para todos, o artista expõe seus novos trabalhos que envolvem grandes painéis, pinturas e esculturas de bronze.

Read More »My Life Is Pointless: Uma Exposição de Joan Cornella em Hong Kong

É na cidade japonesa de Kanazawa que Masakatsu Sashie cria suas pinturas e parece que a cidade é um ponto importante na criação de seus trabalhos. Tudo isso devido a rica história da cidade quando se trata de artesanato e sua cultura única, causada pelo isolamento geográfico da região. É nessa realidade que o artista observa a industrialização japonesa e todos os seus danos e custos.

A Industrialização Japonesa pelos olhos de Masakatsu Sashie

  • Arte

É na cidade japonesa de Kanazawa que Masakatsu Sashie cria suas pinturas e parece que a cidade é um ponto importante na criação de seus trabalhos. Tudo isso devido a rica história da cidade quando se trata de artesanato e sua cultura única, causada pelo isolamento geográfico da região. É nessa realidade que o artista observa a industrialização japonesa e todos os seus danos e custos.

Read More »A Industrialização Japonesa pelos olhos de Masakatsu Sashie

Não é todo dia que eu me deparo com um portfólio de pinturas tão bem executadas e interessantes quanto aquelas que encontrei em Adam Friedman. Sua pintura parece misturar elementos digitais e até de glitch de uma forma analógica. Afinal, ele afirma que suas pinturas são inspiradas nas paisagens que vemos no dia a dia mas ele usa de um apelo mais misterioso, uma forma de ver a natureza por uma lente um pouco diferente. Uma lente que não quer entender tudo e quer apenas observar toda a beleza que existe ao nosso redor.

Quebrando as Regras da Pintura com Adam Friedman

  • Arte

Não é todo dia que eu me deparo com um portfólio de pinturas tão bem executadas e interessantes quanto aquelas que encontrei em Adam Friedman. Sua pintura parece misturar elementos digitais e até de glitch de uma forma analógica. Afinal, ele afirma que suas pinturas são inspiradas nas paisagens que vemos no dia a dia mas ele usa de um apelo mais misterioso, uma forma de ver a natureza por uma lente um pouco diferente. Uma lente que não quer entender tudo e quer apenas observar toda a beleza que existe ao nosso redor.

Read More »Quebrando as Regras da Pintura com Adam Friedman