Skip to content
A Igreja do Sagrado Coração de Jesus foi projetada pelos arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira e construída entre 1962 e 1967. Foi aberta ao público a 25 de junho de 1970 e, na sequência, ganhou o Prêmio Valmor em 1975, uma premiação pela qualidade arquitetônica de novos edifícios construídos em Lisboa.
Pristina.org // Arquitetura // O Brutalismo Português na Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Lisboa

O Brutalismo Português na Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Lisboa

A Igreja do Sagrado Coração de Jesus é uma belíssima igreja brutalista em Lisboa construída na década de 1960 e hoje é classificada como monumento nacional em Portugal.

Ela tem um aspecto experimental resultado do trabalho dos arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira, que lideravam um movimento em Portugal para libertar a arquitetura religiosa contemporânea dos estigmas históricos. O objetivo era renovar a arquitetura religiosa, e a Igreja do Sagrado Coração de Jesus é considerada o destaque desse esforço.

Visitei a Igreja do Sagrado Coração de Jesus na minha primeira visita a Lisboa na primavera de 2022. Estava na cidade durante a semana por motivos de trabalho e sabia querer explorar alguns lugares da cidade. Além dos lugares mais óbvios, queria ver alguns exemplos da moderna arquitetura portuguesa, e esta igreja apareceu em uma das minhas buscas na internet. E fiquei bastante surpreso quando soube que a igreja estava localizada a menos de dois quarteirões do espaço de co-working em que eu estava.

Na hora do almoço, peguei minha câmera e desci a rua para ver essa igreja brutalista em Lisboa, e fiquei genuinamente maravilhado com o que vi lá. Dos tetos altos aos detalhes no concreto, este é um lugar completamente diferente de tudo que eu já vi. Foi surreal para mim que eu estivesse lá sozinho durante o tempo em que andava, tirando muitas fotos.

A Igreja do Sagrado Coração de Jesus é uma belíssima igreja brutalista em Lisboa construída na década de 1960 e hoje é classificada como monumento nacional em Portugal.

A Igreja do Sagrado Coração de Jesus é uma belíssima igreja brutalista em Lisboa construída na década de 1960 e hoje é classificada como monumento nacional em Portugal.

A Igreja do Sagrado Coração de Jesus é uma belíssima igreja brutalista em Lisboa construída na década de 1960 e hoje é classificada como monumento nacional em Portugal.

O conceito por trás da Igreja do Sagrado Coração de Jesus

A Igreja do Sagrado Coração de Jesus foi projetada pelos arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira e construída entre 1962 e 1967. Foi aberta ao público a 25 de junho de 1970 e, na sequência, ganhou o Prêmio Valmor em 1975, uma premiação pela qualidade arquitetônica de novos edifícios construídos em Lisboa.

Devido ao Movimento de Renovação da Arte Sacra liderada por Nuno Teotônio Pereira, o projeto tinha o objetivo de criar uma arquitetura religiosa contemporânea e renovada em Portugal. O conceito por trás desse projeto era libertar o edifício da igreja dos estigmas históricos e desenvolver um espaço sagrado com muita harmonia, dignidade e simplicidade.

Com tudo isso em mente, os arquitetos criaram um projeto arquitetônico de natureza experimental.

Ela tem um aspecto experimental resultado do trabalho dos arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira, que lideravam um movimento em Portugal para libertar a arquitetura religiosa contemporânea dos estigmas históricos. O objetivo era renovar a arquitetura religiosa, e a Igreja do Sagrado Coração de Jesus é considerada o destaque desse esforço.

Ela tem um aspecto experimental resultado do trabalho dos arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira, que lideravam um movimento em Portugal para libertar a arquitetura religiosa contemporânea dos estigmas históricos. O objetivo era renovar a arquitetura religiosa, e a Igreja do Sagrado Coração de Jesus é considerada o destaque desse esforço.

Ela tem um aspecto experimental resultado do trabalho dos arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira, que lideravam um movimento em Portugal para libertar a arquitetura religiosa contemporânea dos estigmas históricos. O objetivo era renovar a arquitetura religiosa, e a Igreja do Sagrado Coração de Jesus é considerada o destaque desse esforço.

Ela tem um aspecto experimental resultado do trabalho dos arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira, que lideravam um movimento em Portugal para libertar a arquitetura religiosa contemporânea dos estigmas históricos. O objetivo era renovar a arquitetura religiosa, e a Igreja do Sagrado Coração de Jesus é considerada o destaque desse esforço.

Um espaço em simbiose com a dimensão urbana onde o espaço público é valorizado e utilizado para o exercício da cidadania. Isso foi concretizado com a linguagem arquitetônica brutalista, inserindo o edifício no quarteirão ao seu redor e criando um espaço público de ligação e acesso entre às duas ruas que margeiam a igreja em cada lado.

Com esta ligação entre às duas ruas, parece haver um desaparecimento no objeto arquitetônico. A igreja já não é um elemento isolado, para além do quarteirão onde se encontra. Ela parece ser integrada ao seu entorno, e acredito ser por isso que pode ser desafiador identificar o enorme edifício como uma igreja quando você passa por ele.

Neste projeto, os arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira projetaram uma igreja que se abre à cidade, arquitetonicamente. Você pode ver isso em cada detalhe, em cada etapa do projeto. Aqui, o espaço sagrado é integrado ao tecido urbano.

O concreto é o elemento principal desta igreja brutalista de Lisboa, mas o vidro também aparece por todo o lado. Isso ilustra muito bem a linguagem brutalista usada em seu design. O concreto visível parece sofisticado, quase delicado em alguns lugares. As texturas ásperas desaparecem quando você vê o espaço na totalidade, criando um fundo diferente para esse lugar espiritual.

Se você, como eu, é fã de arquitetura, a Igreja do Sagrado Coração de Jesus é imperdível em Lisboa. Difere de qualquer outra igreja que já vi em minha vida e merece ser reconhecida como o lugar especial que é.

Ela tem um aspecto experimental resultado do trabalho dos arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira, que lideravam um movimento em Portugal para libertar a arquitetura religiosa contemporânea dos estigmas históricos. O objetivo era renovar a arquitetura religiosa, e a Igreja do Sagrado Coração de Jesus é considerada o destaque desse esforço.

A Igreja do Sagrado Coração de Jesus foi projetada pelos arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira e construída entre 1962 e 1967. Foi aberta ao público a 25 de junho de 1970 e, na sequência, ganhou o Prêmio Valmor em 1975, uma premiação pela qualidade arquitetônica de novos edifícios construídos em Lisboa.

A Igreja do Sagrado Coração de Jesus foi projetada pelos arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira e construída entre 1962 e 1967. Foi aberta ao público a 25 de junho de 1970 e, na sequência, ganhou o Prêmio Valmor em 1975, uma premiação pela qualidade arquitetônica de novos edifícios construídos em Lisboa.

Igreja do Sagrado Coração de Jesus: A Brutalist Church in Lisbon

A Igreja do Sagrado Coração de Jesus foi projetada pelos arquitetos Nuno Portas e Nuno Teotônio Pereira e construída entre 1962 e 1967. Foi aberta ao público a 25 de junho de 1970 e, na sequência, ganhou o Prêmio Valmor em 1975, uma premiação pela qualidade arquitetônica de novos edifícios construídos em Lisboa.

Esse artigo apareceu originalmente no meu blog de viagens, o Fotostrasse. Dá para ver mais fotos por lá e um mapa que pode ajudar você a chegar na igreja.

O Brutalismo Português na Igreja do Sagrado Coração de Jesus em Lisboa

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.