É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.
Pristina.org // Fotografia // A Fotografia e a Arte de Mako Miyamoto

A Fotografia e a Arte de Mako Miyamoto

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

Os temas que Mako Miyamoto explora são de uma beleza única e demonstram uma profundidade fora do comum pela forma com a qual o artista trabalha com cores e texturas exuberantes. Dessa forma, sem pedir permissão, seu trabalho seduz o observador e o leva para um estranho reino de fantasia entre o imaginário e o mundo real.

Conheci o trabalho de Mako Miyamoto através de seu mais recente projeto: Spectral Divide. Me deparei com um vídeo de cerca de dez minutos no Vimeo e achei aquilo tão interessante que eu tive que pesquisar mais sobre o artista e é por isso mesmo que estou aqui compartilhando o que eu aprendi com o mundo.

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

Voltando ao assunto, Spectral Divide é inspirado pela forma com a qual a luz infravermelha não pode ser vista a olho nu e Mako Miyamoto passa a explorar aquilo que é invisível para nós e como que é essa existência fora da percepção. Esse projeto explora os espaços que nos cercam, mas que estão além da nossa consciência e você pode ver mais desse projeto direto no video aqui.

Mas não quero deixar esse artigo focado apenas nesse último projeto do artista. Para mim, é interessante observar o portfólio de Mako Miyamoto pela forma com a qual ele apresenta seu ponto de vista e sua percepção do mundo. Em um de seus projetos, Further West, ele apresenta uma visão diferente do imperialismo americano. Em Wookies, ele leva um dos personagens mais característicos do mundo de Star Wars para uma realidade diferente.

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

É de Portland que Mako Miyamoto trabalha como cineasta, fotógrafo e diretor de criação. E o que ele anda produzindo é aquele categoria de trabalho que se torna inconfundível após vê-lo pela primeira vez. Afinal, ele desenvolve paisagens visuais onde personagens mascarados se tornam reais e vivem narrativas mais do que atraentes.

É por esses projetos que resolvi publicar o trabalho de Mako Miyamoto por aqui. Você pode ver ainda mais de sua arte e fotografia direto no link abaixo. Além disso, ele também publica constantemente em seus perfis nas redes sociais como Facebook, Instagram, Twitter e Vimeo.

A Fotografia e a Arte de Mako Miyamoto

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.