Chifumi Krohom é o nome de um artista de rua francês que mora no Camboja há, pelo menos, uns três anos. Seu nome é inspirado no jogo pedra, papel e tesoura e quer misturar um pouco de simbolismo, bom humor e sincretismo. É lá do Sudeste Asiático que ele cria intervenções urbanas inspiradas pelo passado do país. Vários dos elementos que você vai poder ver nos murais que ele espalha pelo Camboja usam de padrões gráficos vistos em templos como os de Angkor Wat, outros elementos visuais são inspirados nas pagodas sagradas de Phnom Penh e outros vem dos lenços de seda que ele costuma encontrar nos mercados locais.
Pristina.org // Street Art // As Intervenções Urbanas de Chifumi Krohom pelo Camboja

As Intervenções Urbanas de Chifumi Krohom pelo Camboja

Chifumi Krohom é o nome de um artista de rua francês que mora no Camboja há, pelo menos, uns três anos. Seu nome é inspirado no jogo pedra, papel e tesoura e quer misturar um pouco de simbolismo, bom humor e sincretismo. É lá do Sudeste Asiático que ele cria intervenções urbanas inspiradas pelo passado do país. Vários dos elementos que você vai poder ver nos murais que ele espalha pelo Camboja usam de padrões gráficos vistos em templos como os de Angkor Wat, outros elementos visuais são inspirados nas pagodas sagradas de Phnom Penh e outros vem dos lenços de seda que ele costuma encontrar nos mercados locais.

O local onde Chifumi Krohom realiza suas obras parece não importar muito para o artista. Algumas vezes ele usa e abusa de lugares abandonados, perto das florestas do país. Outras vezes, suas obras aparecem restaurantes de luxo da capital do país, Phnom Penh. Abaixo você vai pode observar um pouco mais da arte dele.

Chifumi Krohom é o nome de um artista de rua francês que mora no Camboja há, pelo menos, uns três anos. Seu nome é inspirado no jogo pedra, papel e tesoura e quer misturar um pouco de simbolismo, bom humor e sincretismo. É lá do Sudeste Asiático que ele cria intervenções urbanas inspiradas pelo passado do país. Vários dos elementos que você vai poder ver nos murais que ele espalha pelo Camboja usam de padrões gráficos vistos em templos como os de Angkor Wat, outros elementos visuais são inspirados nas pagodas sagradas de Phnom Penh e outros vem dos lenços de seda que ele costuma encontrar nos mercados locais.

Chifumi Krohom é o nome de um artista de rua francês que mora no Camboja há, pelo menos, uns três anos. Seu nome é inspirado no jogo pedra, papel e tesoura e quer misturar um pouco de simbolismo, bom humor e sincretismo. É lá do Sudeste Asiático que ele cria intervenções urbanas inspiradas pelo passado do país. Vários dos elementos que você vai poder ver nos murais que ele espalha pelo Camboja usam de padrões gráficos vistos em templos como os de Angkor Wat, outros elementos visuais são inspirados nas pagodas sagradas de Phnom Penh e outros vem dos lenços de seda que ele costuma encontrar nos mercados locais.

Chifumi Krohom é o nome de um artista de rua francês que mora no Camboja há, pelo menos, uns três anos. Seu nome é inspirado no jogo pedra, papel e tesoura e quer misturar um pouco de simbolismo, bom humor e sincretismo. É lá do Sudeste Asiático que ele cria intervenções urbanas inspiradas pelo passado do país. Vários dos elementos que você vai poder ver nos murais que ele espalha pelo Camboja usam de padrões gráficos vistos em templos como os de Angkor Wat, outros elementos visuais são inspirados nas pagodas sagradas de Phnom Penh e outros vem dos lenços de seda que ele costuma encontrar nos mercados locais.

My name Chifumi is inspired from the game “rock scisor paper”, as a vanishing point crossing symbolism, joke and syncretism. Originaly from East of France, I have been living since 3 year in Cambodia. Trying to integrate the huge and deep cultural background from this country in my graphical work. Using some khmer paterns extracted from Angkor Wat temples, holly pagodas in Phnom Penh or event silk scarf found in a lost labyrinth of a local market. Sometimes my hands takes place on abandoned houses not so far from the jungle, sometimes on very chic restaurant of the busy capital: Phnom Penh. Some other have been made in my travels in Nepal, Denmark or France.

Chifumi Krohom é o nome de um artista de rua francês que mora no Camboja há, pelo menos, uns três anos. Seu nome é inspirado no jogo pedra, papel e tesoura e quer misturar um pouco de simbolismo, bom humor e sincretismo. É lá do Sudeste Asiático que ele cria intervenções urbanas inspiradas pelo passado do país. Vários dos elementos que você vai poder ver nos murais que ele espalha pelo Camboja usam de padrões gráficos vistos em templos como os de Angkor Wat, outros elementos visuais são inspirados nas pagodas sagradas de Phnom Penh e outros vem dos lenços de seda que ele costuma encontrar nos mercados locais.

Chifumi Krohom é o nome de um artista de rua francês que mora no Camboja há, pelo menos, uns três anos. Seu nome é inspirado no jogo pedra, papel e tesoura e quer misturar um pouco de simbolismo, bom humor e sincretismo. É lá do Sudeste Asiático que ele cria intervenções urbanas inspiradas pelo passado do país. Vários dos elementos que você vai poder ver nos murais que ele espalha pelo Camboja usam de padrões gráficos vistos em templos como os de Angkor Wat, outros elementos visuais são inspirados nas pagodas sagradas de Phnom Penh e outros vem dos lenços de seda que ele costuma encontrar nos mercados locais.

Chifumi Krohom é o nome de um artista de rua francês que mora no Camboja há, pelo menos, uns três anos. Seu nome é inspirado no jogo pedra, papel e tesoura e quer misturar um pouco de simbolismo, bom humor e sincretismo. É lá do Sudeste Asiático que ele cria intervenções urbanas inspiradas pelo passado do país. Vários dos elementos que você vai poder ver nos murais que ele espalha pelo Camboja usam de padrões gráficos vistos em templos como os de Angkor Wat, outros elementos visuais são inspirados nas pagodas sagradas de Phnom Penh e outros vem dos lenços de seda que ele costuma encontrar nos mercados locais.

Chifumi Krohom é o nome de um artista de rua francês que mora no Camboja há, pelo menos, uns três anos. Seu nome é inspirado no jogo pedra, papel e tesoura e quer misturar um pouco de simbolismo, bom humor e sincretismo. É lá do Sudeste Asiático que ele cria intervenções urbanas inspiradas pelo passado do país. Vários dos elementos que você vai poder ver nos murais que ele espalha pelo Camboja usam de padrões gráficos vistos em templos como os de Angkor Wat, outros elementos visuais são inspirados nas pagodas sagradas de Phnom Penh e outros vem dos lenços de seda que ele costuma encontrar nos mercados locais.

Se você gostou do trabalho de Chifumi Krohom, acompanhe o que ele faz no seu portfólio, no facebook e no seu perfil no behance.

As Intervenções Urbanas de Chifumi Krohom pelo Camboja

Se você gostou do que viu aqui, você deveria seguir o blog no twitter, acompanhar nosso tumblr ou seguir a revista digital do Pristina.org no Flipboard. Além disso, ainda temos nossa newsletter quase semanal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.